5 dicas para criar um conteúdo vendedor – comece já!

5 dicas para criar um conteúdo vendedor – comece já!

5 dicas para criar um conteúdo vendedor – comece já! Oferecer conteúdo vendedor e relevante é a força motriz por trás de todas as campanhas de marketing digital de resultados.

Mesmo a estratégia mais brilhante suportada pela tecnologia de marketing mais avançada não alcançará seus objetivos se o conteúdo que sua empresa oferecer aos leads não estiver otimizado para conversões.

Um grande desafio para a criação eficaz de conteúdo está no fato de que a qualidade dele é inerentemente subjetiva e, portanto, notavelmente difícil de medir.

Como é possível dizer com algum grau de certeza quais palavras, mudanças de frase ou argumentos são mais atraentes e terão o maior impacto no seu perfil de cliente ideal?

Para ajudá-lo a navegar no mundo do marketing de conteúdo, trouxemos aqui cinco dicas que tornarão seu conteúdo vendedor e voltado para o aumento de conversões.

Então vamos as 5 dicas para criar um conteúdo vendedor.

1) Conheça BEM o seu público

Conhecer seu público é um pré-requisito para produzir conteúdo vendedor – se você não souber quem são seus leads e suas dores, será impossível ter argumentos realmente efetivos.

Além disso, é importante ter em mente que diferentes segmentos do público-alvo respondem a diferentes conteúdos de maneira diferente.

Digamos que sua empresa venda ferramentas de gestão escolar e seu público-alvo consiste em dois segmentos principais: professores e diretores de escola.

Sua equipe pode se sentir tentada a escrever o mesmo artigo divulgando os benefícios de suas ferramentas de gestão escolar para ambos os segmentos. Mas isso não significa que sua empresa terá um conteúdo vendedor e otimizado para conversões.

  • O professor provavelmente vai querer saber mais sobre o quão confiáveis ​​e fáceis de usar são seus produtos de gestão escolar no seu dia a dia – já que seu trabalho junto aos alunos é bastante complexo e deixa pouco tempo livre para a parte burocrática;
  • Já o diretor de escola pode estar mais interessado em recursos técnicos voltados para as rotinas financeiras, gestão de estoques e recursos, cobrança de mensalidades e muito mais.

A área de especialização é outro bom critério para na hora de planejar a produção de conteúdo vendedor e segmentado:

Se sua empresa estiver vendendo software para hospitais, convém criar um conteúdo enfatizando os recursos financeiros do produto ao direcionar administradores de hospitais, CFOs e outros profissionais de nível C;

Mas, ao direcionar um conteúdo vendedor para profissionais dos setores de marketing e atendimento ao cliente, sua empresa pode se concentrar no componente de CRM do seu software.

Os dois segmentos de público-alvo estão interessados ​​no mesmo produto, mas seu conteúdo deve ser adaptado às necessidades, interesses ou objetivos exclusivos de cada grupo.

2) Foque nos títulos

O título é o elemento mais importante de um conteúdo vendedor quando se trata de chamar a atenção dos leitores.

O título não só deve ser cativante e intrigante, mas também refletir com precisão o tema central do artigo, de maneira a otimizar as taxas de cliques.

Então, como você escreve um título de aumento de CTR? Aqui estão algumas dicas rápidas:

  • Use números e estatísticas sempre que possível;
  • Informe o leitor, mas não conte tudo (por exemplo, “Já se perguntou quantas pessoas realmente leem e-mails de marketing?” em vez de “20% das pessoas leem realmente e-mails de marketing”);
  • Resista à tentação de usar isca de cliques – ela pode gerar um grande número de cliques, mas apenas prejudica sua credibilidade. É preciso encontrar o equilíbrio certo entre intrigante e desagradável (por exemplo, “Já se perguntou quantas pessoas realmente leem e-mails de marketing?” está bom. Já “Você nunca adivinhará quantas pessoas realmente leem e-mails – a figura vai chocá-lo” é brega e contraproducente).

3) Não se concentre em vender o tempo todo

Os tempos de uma abordagem mais agressiva em vendas acabaram: o novo cliente B2B busca foco total em suas necessidades. O conteúdo vendedor não envolve um discurso de venda, mas sim um discurso de valor para seu cliente potencial – não um mero anúncio publicitário disfarçado de artigo.

Vale reforçar que não há nada de errado em mencionar seus produtos ou serviços, desde que eles sejam efetivamente relevantes para o tópico.

4) Ofereça informações reais

Ao buscar informações úteis para o seu dia a dia, você certamente esbarra em uma série de conteúdos simplesmente escritos para ocupar espaço na tela e pressionar palavras-chave.

Claramente, esse não é o tipo de conteúdo vendedor que você deseja associar à sua marca.

Todo o texto em seu site ou mídia social deve ter um propósito – seja ele vender um produto, divulgar sua marca, entre outros.

Para isso você deve encontrar o equilíbrio certo entre informativo e conciso. Assim você otimiza e respeita o tempo de seus leads na busca por conteúdo que agrega valor ao assunto em questão – e eles saberão recompensá-lo por isso.

5) Inclua dados

Há algo nos números que faz as pessoas enxergarem mais credibilidade e transforma em conteúdo vendedor aquele seu artigo ou post em rede social.

Por exemplo, dizer que “86% das pessoas pesquisam a localização de uma empresa no Google Maps” não teria o mesmo impacto se você substituísse a porcentagem por uma palavra como “a maioria”. Isso ocorre porque os dados funcionam em vários níveis:

  • Os dados podem ajudar a prever tendências futuras. Por exemplo, se um tópico subitamente alcançou popularidade em algum momento e depois se estabilizou, provavelmente podemos assumir que a tendência não é sustentável a longo prazo;
  • Os dados também podem ajudar seu público-alvo a entender as tendências atuais e futuras em suas áreas de interesse, avaliando quantos de seus pares estão adotando novas tecnologias ou usando novos serviços;
  • Os dados fornecem prova social, conscientizando o público sobre o que as outras pessoas estão fazendo e implicitamente aumentando a probabilidade de que elas sigam o exemplo.

Como você pode ver, produzir um conteúdo vendedor envolve alguns passos simples – porém altamente estratégicos. Como isso tem funcionado em sua empresa?

Agora que você conheceu 5 dicas para criar um conteúdo vendedor, descubra se você está explorando o marketing de conteúdo de forma eficaz: clique a seguir!

Solicite sua avaliação de Maturidade Digital aqui mesmo!

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

BAIXE O SEU GUIA PRÁTICO DE GERAÇÃO DE LEADS

O Guia Definitivo da Automação de Marketing

Saiba como utilizar o Digital para Aumentar Vendas e Conquistar Novos Clientes

COVID-19 Comece a recuperar seus negócios agora!

ABM Account-based Marketing

Guia de Mídia Paga

Ebook Marketing Digital para Indústrias

Ebook Tendências do Marketing Digital em 2020

Representante de Vendas – Digital

Cadastre-se e receba conteúdos inéditos sobre Marketing Digital

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

Posts Relacionados

EN PT ES