Beacons: Transforme a experiência do consumidor em vendas!

A tecnologia beacons é um pequeno dispositivo que identifica e comunica-se com  devices utilizando a tecnologia Bluetooth 4.0 low energy,  podendo assim levar informações ou mensagens aos clientes dentro de um espaço físico, este tipo de solução pode ser uma grande oportunidade para transformar o relacionamento com o cliente em diversos setores, especialmente no varejo, melhorando a experiência do cliente e aumento da conversão das vendas. Trata-se de um pequeno processo de IoT (Internet of Thinks) dentro de uma  transformação digital,  que pode oferecer grandes possibilidades de crescimento não apenas para as lojas de varejo, mas também em muitos outros setores, como industrial, automação residencial, museus, feiras e congressos e onde mais a criatividade permitir. Entenda mais!

Beacons: O que é e como aplicar no negócio?

beaconsA utilização da tecnologia beacon é bem diferente de um e-commerce, por exemplo, pois, enquanto este traça um perfil mais restrito do cliente – com suas preferências, histórico de compra, produtos trocados, duração e frequência das visitas no site, a tecnologia beacons se dirige diretamente ao cliente quando ele está circulando no interior da loja ou qualquer outro espaço, normalmente fechado. Nesta comunicação, o cliente pode ser informado sobre descontos personalizados, disponibilidade de produtos complementares àqueles que ele já adquiriu, opções de fidelização,  condições de pagamento e muito mais. Tudo isso enquanto ela caminha entre os espaços e corredores do seu “ponto de venda”.

Essa estratégia produz um impacto imediato e real no “ponto de venda”. Utilizando a tecnologia de bluetooth para a emissão das mensagens, os beacons têm enormes possibilidades como a conexão entre as compras digitais e as físicas. Especialmente por conta da personalização das mensagens que são direcionadas aos clientes, a loja de varejo consegue desenvolver uma relação mais próxima com o comprador, e isto é fundamental para a fidelização, melhorar a experiência de compra e principalmente para aumentar as vendas.

Entretanto, o Beacon não é uma solução de mensageria, na verdade, é possível desenvolver muitas soluções de interação com o seu cliente ou mesmo um consumidor que ainda não é seu cliente, mas para isto é necessário utilizar aplicativos desenvolvidos pelo seu negócio ou mesmo em parcerias com aplicativos já consolidados. Vale ressaltar que a conexão acontece quando o Beacon identifica um device (celular, tablet, etc) através do Bluetooth, desta forma o aparelho precisa ter o Bluetooth  ativado, mas isto não é um problema, mesmo que a grande maioria dos usuários costumam manter desativado, isto pode ser resolvido através da ação de marketing ou comunicação dentro do “ponto de venda”.

A tendência tem sido, portanto, de crescimento na movimentação de vendas por beacons. Se em 2015 esta estratégia de vendas dentro das lojas já arrecadou $4,1 bilhões de dólares nos Estados Unidos, a expectativa é que em 2016 movimente $44 bilhões no país. Das 100 maiores empresas varejistas de 2015, quase a metade delas já testaram esta tecnologia.

Grandes empresas como Apple e Google estão testando e desenvolvendo seus próprios mecanismos de beacons, realizando um processo planejado de integração do e-commerce às vendas dirigidas via beacons. Outras empresas como Macy, Target, American Eagle e Best Buy também já implantaram esta tecnologia em milhares de estabelecimentos de varejo nos Estados Unidos.

Combine beacons a outras estratégias

Faz parte do planejamento das redes varejistas operar um processo de integração entre as plataformas de vendas. Neste processo, é comum entrelaçaram-se plataformas diferentes, como a das vendas pela internet e no ponto de venda com o beacons. A combinação de diferentes estratégias de vendas permite às lojas traçar um perfil mais completo e real do cliente e suas preferências, entendendo inclusive a qual estratégia de vendas ele é mais simpático e acessível. O que quero dizer é que você pode criar uma solução utilizando o Beacons para que o cliente compre no seu próprio ponto de venda, ou mesmo, dependendo do negócio e do perfil do cliente você o habilita para realizar a compra através de um aplicativo do seu negócio ou do parceiro.

“Utilize beacons para gerar negócios e não por modismo!”

A tendência de crescimento de vendas movimentadas via beacons para 2016, indica para as redes varejistas a importância de desenvolverem suas estratégias ou planos para beacons ou de construírem parcerias com empresas que produzem e implantam esta tecnologia de vendas.

O desenvolvimento de soluções utilizando Beacon não é considerada cara se comparada com muitas outras tecnologias, entretanto se ainda tem dúvidas quanto aos resultados, vale considerar um plano progressivo, utilizando-se de experiências, validações, medições e o desenvolvimento crescente de soluções para o seu negócio.

Em jogo estão, não apenas a própria capacidade das empresas em desenvolver suas vantagens competitivas, mas também, e principalmente, continuar decifrando o código das preferências de seu cliente, desenvolvendo uma linguagem acessível, evoluindo na experiência do cliente e opções de compras e promoções que o satisfaçam.

E agora? Está pronto para considerar os beacons na sua estratégia?

Falando-se em estratégia e planejamento, 2016 está ai batendo na porta, comece agora seu Plano Estratégico de TI 2016-2017!

CALL TO ACTION banner

MARKETING & NEGÓCIOS

Coloque seu email abaixo para receber as atualizações do blog!

Acesse o e-mail enviado e confirme a assinatura, obrigado!