Blog

Com o Database Marketing seu planejamento digital torna-se ainda mais eficaz. Descubra como colocar em prática o quanto antes.

Database Marketing: o que é e como ele pode ajudar sua empresa

Hoje o Database Marketing é fundamental para garantir estratégias mais eficazes e o crescimento dos negócios. Afinal, através dele sua empresa tem, em tempo real:

  • Insights acionáveis,
  • Visualizações 360 dos clientes,
  • Estratégias de engajamento personalizadas,
  • Campanhas omnichannel – e muito mais.

Mas você sabe exatamente o que é Database Marketing? Ou como ele funciona? Então vamos descobrir!

O que é Database Marketing?

O conceito também chamado por alguns especialistas de gestão de relacionamento com o cliente. Refere-se à coleta de dados de seus clientes ou potenciais clientes.

Então o objetivo aqui é entender as necessidades de cada lead. Assim você pode oferecer comunicações personalizadas, que abordem essas questões. Então podemos simplificar e dizer que o Database Marketing envolve entender e gerenciar seu banco de dados. Este banco deve envolver informações como:

  • Nome,
  • Dados de contato – como e-mail e número de telefone,
  • Cargo na empresa,
  • Receita da empresa,
  • Histórico de compras,
  • Cookies de sites e assim por diante.

Mas, mesmo com tudo isso em mãos, é comum ver algumas empresas fazendo o mau uso destes dados. Em primeiro lugar, é preciso considerar a conformidade à LGPD.

O verdadeiro papel do Database Marketing

Todos estes dados são fundamentais para entender os comportamentos dos consumidores. Dessa forma, sua empresa pode fornecer soluções para seus problemas. Independentemente de terminar em uma venda ou não.

Então estas soluções podem ir além ade um produto ou serviço. Também podem estar na forma de:

  • Conteúdo – como artigos de blog, posts nas redes sociais, eBooks, entre outros,
  • Tutoriais,
  • Vídeos instrutivos,
  • Boa experiência do usuário.

Importância do Database Marketing

Atualmente, sua empresa tem um acesso muito mais rápido e fácil aos seus clientes. É por isso que o Database Marketing está mais uma vez se tornando tão importante.

Porque trata-se de usar esse mar de dados para criar mensagens de marketing mais relevantes, que ressoem melhor com os clientes. Isso vale tanto atuais quanto potenciais.

Benefícios do Database Marketing

Os consumidores de hoje esperam uma experiência personalizada com sua marca. Então para garantir isso, você precisa de uma visão unificada de cada cliente em cada ponto de contato.

Pois só então eles podem entender a jornada de compra e envolvê-los de forma significativa. O que você vai obter com a aplicação de estratégias eficazes de Database Marketing. Falaremos sobre isso em um próximo artigo, focado especificamente em estratégias de DM.

Os dados que sua empresa obtém hoje dos clientes podem ajudar a:

  • Identificar grupos de clientes. Desde seus clientes mais leais e de alto valor até clientes iniciantes e compradores ocasionais,
  • Criar segmentos detalhados de clientes com base em demografia, comportamentos ou até mesmo interesses pessoais,
  • Produzir mensagens altamente personalizadas para clientes atuais e potenciais,
  • Determinar o melhor canal e hora para engajar os clientes,
  • Melhorar sua eficiência de marketing. Assim você não perde tempo e dinheiro enviando campanhas para aqueles com baixo potencial de retorno,
  • Construir programas de fidelidade eficazes, que forneçam os incentivos certos para compras repetidas,
  • Melhorar o atendimento ao cliente. Para isso, forneça à equipe de suporte uma visão 360° das interações do cliente com sua marca.

Desafios do Database Marketing

Esta prática oferece diversos benefícios. Mas para obter resultados expressivos, é preciso entender os desafios e saber lidar com eles. Entenda melhor a seguir:

Custo de gestão

Manter um banco de dados pode se tornar caro. Especialmente quando uma empresa não tem a capacidade de extrair valor dele.

Por isso, é importante ter uma boa estratégia de coleta dados. Ter muitas informações em mãos sem o devido processamento é desperdício de dinheiro. Então a iniciativa pode acabar custando mais do que os benefícios que poderia proporcionar.

Precisão de dados

Os clientes nem sempre fornecem informações precisas. Além disso, existem outros fatores:

  • Erros de digitação,
  • Legibilidade da caligrafia,
  • Informações incompletas.

Tudo isso pode ter um grande impacto na qualidade do seu banco de dados. Mas é possível contornar o problema. Basta substituir os campos de entrada por menus ou caixas de seleção padronizadas, com preenchimento automático.

Dados desatualizados

Além dos erros, o Database Marketing tem outro desafio: as mudanças. Afinal, um cliente ou prospect pode mudar de emprego. Ganhar uma promoção. A empresa pode mudar para um novo endereço. Ou trocar o nome ou seu melhor endereço de e-mail. Portanto, qualquer mudança de vida do seu lead faz com que seu perfil fique desatualizado.

Por isso, lembre-se que um banco de dados bem gerenciado decai em média 2-3% a cada mês. Dessa forma, cerca de um terço de seus dados pode tornar-se inválido em apenas um ano.

Então a dica é concentrar-se em informações menos propensas a mudar. Foque no nome e número de celular, por exemplo. E sempre solicite seu melhor e-mail – e não apenas o e-mail comercial.

Agilidade no uso de dados

Coletar e analisar dados dos clientes é apenas o primeiro passo. Pois sua empresa tem que agir rapidamente o suficiente para capitalizar o interesse de um cliente. Assim como garantir interações com sua marca.

É aí que a automação de marketing se torna tão importantes. Ela permite unificar perfis de usuários com campanhas eficazes de segmentação e marketing omnichannel. Assim você pode oferecer experiências oportunas e personalizadas para cada usuário.

Saiba mais sobre automação de marketing e seus resultados:
baixe o eBook “Guia Definitivo de Automação de Marketing” 

Impacto negativo para a marca

O Database Marketing tem um potencial incrível. Porém, é preciso ter prudência ao usar. Pois você pode achar que está trabalhando para aumentar a conscientização da marca. Mas o disparo de mensagens para os contatos errados pode levar ao resultado oposto.

Outro ponto: uma estratégia de “tamanho único”, que se encaixa para todos nunca funciona. Além disso, pode fazer as pessoas associarem sua marca a spammers.

Dessa forma, siga sempre a regra: abordagem personalizada e segmentação de clientes. Esta é a estratégia correta. Assim sua comunicação será focada nas necessidades exatas do cliente.

A próxima fase do Database Marketing

Estamos vivendo ao máximo a era do marketing de relacionamento. Especialmente graças ao inbound marketing, que fez as marcas mudarem o foco. Hoje, ao invés de simplesmente fazer a venda, busca-se desenvolver relacionamentos de longo prazo com os clientes.

Isso só é feito através da oferta de valor, realizada de forma consistente. E o Database Marketing tem um papel de destaque em tudo isso.

 

Deixe-nos saber o que você achou deste artigo – conte aqui nos comentários! Além disso, visite nossa área de materiais ricos para saber mais sobre marketing digital.

ACESSAR MATERIAIS RICOS UP2PLACE DIGITAL!

Saiba como utilizar o Digital para Aumentar Vendas e Conquistar Novos Clientes
Clique aqui e solicite gratuitamente uma avaliação da sua Estratégia Digital
O Guia Definitivo da Automação de Marketing
Baixe o seu GUIA PRÁTICO DE GERAÇÃO DE LEADS
Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads
REPRESENTANTE DE VENDAS – DIGITAL​
EBOOK MARKETING DIGITAL PARA INDÚSTRIAS​
GUIA DE MÍDIA PAGA​

ABM Account-based Marketing

Cadastre-se e receba conteúdos inéditos sobre Marketing Digital

Posts Relacionados

EN PT ES