Descubra como otimizar sua estratégia B2B no Facebook

Mesmo com os recentes escândalos sobre coleta de dados, o Facebook continua a ser a plataforma de mídia social mais popular do mundo – mantendo-se como um dos principais canais para sua estratégia B2B.

Afinal, são mais de 241 milhões de usuários ativos mensais nos EUA e no Canadá. Já o Brasil contabiliza mais de 127 milhões – entre eles pode estar o próximo cliente da sua empresa.

Mas como otimizar uma estratégia B2B dentro da plataforma? Descubra no artigo a seguir.

Facebook ainda tem relevância junto à audiência B2B

Se você tem dúvidas sobre o Facebook ser ou não essencial em seu planejamento de mídia digital, considere estas estatísticas de mídia social que separamos abaixo:

  • 78% dos usuários de internet entre 30 e 49 anos usam o Facebook, enquanto apenas 33% dos usuários da internet usam o LinkedIn;
  • 65% dos usuários de internet entre 50 e 64 anos usam o Facebook, enquanto apenas 24% dos usuários da internet usam o LinkedIn.

Isso mostra que ainda há oportunidades para as empresas B2B no Facebook, mas os bons resultados virão mais facilmente para empresas que souberem utilizar o tempo e os recursos gastos na plataforma de uma forma mais estratégica.

Acreditamos que o segredo para otimizar sua estratégia B2B no Facebook daqui para frente está em manter uma presença respeitável e, ao mesmo tempo, resignificar o papel da plataforma em sua estratégia geral de mídia social e marketing.

Três caminhos para otimizar sua estratégia B2B no Facebook

1) Adaptar-se às políticas de conteúdo do Facebook

Nos últimos anos, o Facebook vem consistentemente alterando seu algoritmo para priorizar o conteúdo orgânico compartilhado por familiares e amigos.

No início deste ano, o Facebook anunciou que estava dando menos prioridade às postagens “isca de engajamento”: aquelas que estimulavam os usuários a interagirem através de curtidas, compartilhamentos, comentários e outras ações mais mecanizadas.

Acompanhar estas alterações no algoritmo do Facebook permite que sua empresa e sua agência de marketing digital possa adaptar suas ações e estratégias dentro da plataforma.

Pense na página da sua empresa como um elemento de confiança para o seu negócio e compartilhe conteúdo que o algoritmo do Facebook possa identificar como orgânico.

Isso pode ser obtido através de ações simples, como:

  • Usar o Facebook para evidenciar potenciais talentos de funcionários e possíveis clientes em sua rede na plataforma;
  • Trabalhar as provas sociais obtidas através do Facebook;
  • Evitar call to actions explícito, priorizando publicações eventos, prêmios e grandes acontecimentos da empresa;
  • Usar a rede como uma ferramenta de motivação e engajamento junto aos funcionários, divulgando os destaques entre os membros da equipe.

2) Entenda o funcionamento do alcance orgânico

Em 2012, as postagens do Facebook atingiram uma média de 16% dos fãs de uma página. Em 2016, esse número caiu para 6,5%. Com isso, alcançar os usuários no Facebook sem conteúdo pago está se tornando cada vez mais difícil – mas não impossível.

Mesmo que suas postagens orgânicas alcancem 1% dos seguidores de sua página, você ainda tem a oportunidade de cultivar esse pequeno número de clientes em potencial, sejam eles possíveis clientes ou possíveis funcionários.

Siga as dicas do item anterior para potencializar os efeitos orgânicos de suas postagens. Dessa forma você estará sempre atento às mudanças de algoritmo e seguirá produzindo conteúdo genuinamente compartilhável.

3) Faça publicações mais espaçadas em comparação com outras plataformas

Mantendo a importância do alcance orgânico em mente, é importante priorizar os canais de mídia social pelo valor potencial que elas oferecem para a sua empresa.

Neste momento, o Facebook ainda pode ajudá-lo a gerar leads, mas o LinkedIn e o Twitter podem ser tão úteis quanto. Aloque seus recursos de acordo com os resultados obtidos: redes sociais que trazem mais tráfego para o site ou leads mais qualificados merecem receber mais investimentos – em tempo e em dinheiro.

Nossa sugestão é atualizar o LinkedIn e o Twitter uma ou duas vezes por dia na semana. Já no Facebook, uma ou duas atualizações por semana podem ser suficientes – especialmente se você investe em mídia paga. E focar em outras ações de inbound marketing.

Manter uma boa estratégia B2B no Facebook envolve manter uma presença respeitável – assim é possível garantir que sua empresa não perca os leads que ainda estão envolvidos com a plataforma.

Todas essas mudanças estão transformando o valor do Facebook dentro da estratégia B2B. Por isso, é fundamental apostar cada vez mais em uma abordagem omnichannel.

Se você precisa de ajuda com sua estratégia B2B, conte com a gente! Clique e fale com nossos especialistas.

MARKETING & NEGÓCIOS

Coloque seu email abaixo para receber as atualizações do blog!

Acesse o e-mail enviado e confirme a assinatura, obrigado!