Dicas para elaborar seu plano de marketing digital para 2019

O final do ano está se aproximando rapidamente e agora é a hora de analisar seus canais de marketing de maior sucesso e olhar para as tendências que você deve incluir no seu plano de marketing digital para 2019.

Pode ser fácil manter seu mecanismo de marketing funcionando mantendo tudo apenas no automático, mas é importante observar as novas ferramentas, tecnologias e recursos disponíveis para garantir que sua empresa vai aproveitar todas as oportunidades para ter sucesso, continuar crescendo e obtendo mais autoridade dentro do setor.

Esse artigo traz uma análise mais detalhada de uma série de táticas e estratégias para ver como você pode implantá-las em seu plano de marketing digital para 2019. Então siga na leitura com a gente!

Lance um novo site, impulsionado pelo crescimento

A prática mais comum, quando se trata de sites, é fazer uma reformulação completa a cada dois a quatro anos, dependendo do seu setor. Isto é recomendável por uma série de razões:

  • Mantê-lo atualizado de acordo com as mudanças na tecnologia, nos padrões da Web, nos algoritmos de pesquisa etc. (mesmo hoje, ainda é comum encontrar empresas com site ainda em flash, que não roda nos dispositivos Apple, por exemplo);
  • Renovar o layout para manter os visitantes envolvidos com seu website;
  • Realizar uma auditoria de conteúdo de páginas com baixo desempenho;
  • Revitalizar o UI / UX do seu site para torná-lo o mais amigável possível.

No entanto, houve uma mudança no mundo do desenvolvimento de sites e muitas empresas estão adotando uma metodologia de design voltada para o crescimento – especialmente no plano de marketing digital para 2019.

O design orientado para o crescimento é um sprint de redesign de website mais ágil e focado, em vez dos gigantescos projetos de websites de revisão que as empresas usavam até bem pouco tempo atrás.

Outra questão importante a ser considerada neste ponto é que os motores de busca favorecem sites regularmente atualizados. Isso acontece porque, muitas vezes, as informações mais recentes são as melhores informações.

Além disso, as redes sociais permitem às empresas explorar muito conteúdo e informação, desobrigando o site de ser algo tão robusto e complexo.

Com isso em mente, as empresas estão mudando seus longos projetos de redesenho para algo mais enxuto, fluído e interativo. E seu plano de marketing digital para 2019 pode ser o ponto de partida para isso em sua empresa.

Essa mudança permite que as empresas testem e avaliem o que funciona melhor para seu público, ampliando a disponibilidade de áreas em que estão obtendo mais sucesso.

O que incluir no seu plano de marketing digital para 2019:

  • Avaliação de site da sua empresa de acordo com as práticas recomendadas, os padrões do setor e seus concorrentes;
  • Projeto de website orientado para o crescimento de pesquisas;
  • Identificação de áreas do site que possam obter bons resultados de uma atualização ou reorganização;
  • A possibilidade de ter o suporte de uma agência de marketing digital estratégico realizando uma análise do seu site para identificar possíveis áreas de crescimento.

Atualize seu site

Se não for possível incluir um novo site em seu plano de marketing digital para 2019, encontre formas de atualizá-lo – o conteúdo é um excelente caminho para isso.

As estratégias de marketing de conteúdo das empresas geram muita informação disponível na Internet. Na verdade, mais de 3 milhões de novos posts são criados todos os dias.

Embora os princípios básicos da otimização de mecanismos de pesquisa (como pesquisa de palavras-chave, metadados etc.) ainda sejam importantes, eles são simplesmente o padrão básico para qualquer conteúdo criado hoje.

Com tanto conteúdo para escolher, o Google teve que analisar outros fatores quando se trata de entender a autoridade e a relevância do conteúdo em qualquer website. Esses fatores incluem o seguinte:

  • Autoridade de Domínio: um valor numérico, em uma escala de 1 a 100, que calcula como seu site provavelmente será classificado nos mecanismos de pesquisa;
  • Fatores de classificação externos: os mecanismos de pesquisa não podem confiar em sinais criados apenas pelo próprio site da empresa. Em vez disso, o número de compartilhamentos, o número atual de páginas classificadas, as avaliações médias dos clientes e os backlinks externos do seu site influenciam o nível de classificação do site ou da página;
  • Fatores internos de classificação e organização do site: sites bem organizados ajudam bastante os mecanismos de pesquisa a entender a hierarquia de conteúdo disponível. Uma das melhores maneiras de obter uma estrutura de site organizada é por meio de pilares de conteúdo.

Cada uma dessas táticas está ligada uma a outra. Então quando a combinação entre elas é bem-sucedida, a autoridade de domínio do seu site aumenta – o que aumenta a visibilidade e o poder de cada página individual no seu site.

O que incluir no seu plano de marketing digital para 2019:

  • Uma nova organização de site ou projeto de pilar de conteúdo para o seu site;
  • Exclusão das páginas antigas e desnecessárias do seu site;
  • Backlinks externos para seus melhores conteúdos.

Procure maneiras de reduzir o atrito em seus processos de marketing e vendas

Como consumidores, estamos cada vez mais acostumados a transações sem atrito com produtos, serviços e marcas. O que é o atrito nestes casos? É quando criamos barreiras na maneira como nossos clientes tomam decisões e compram nossos produtos ou serviços.

Um bom exemplo é a diferença da experiência entre chamar um táxi antes da Uber e depois da sua experiência com a empresa.

Antes:

  1. Você tinha que ligar para uma empresa ou ponto de táxi da região – ou tentava chamar um táxi na rua;
  2. Você entrava no carro e tinha que dizer ao motorista qual era seu destino e dar as instruções para chegar lá, esperar que eles soubessem onde era ou que colocassem o endereço em seu GPS;
  3. Após a corrida, era preciso pagar: o motorista precisava ter troco, você precisava fazer um cheque;
  4. Você saia do carro sem uma forma fácil de fornecer feedback sobre sua experiência.

Agora:

  1. Você faz o download de um aplicativo que contém todas as informações de pagamento necessárias incorporadas no processo de configuração;
  2. Ao chamar uma corrida, você já insere as coordenadas para o seu destino, poupando essa etapa para o motorista;
  3. O carro vem diretamente ao seu encontro e seu motorista já sabe onde você está indo;
  4. Ao fim da corrida, basta agradecer e sair do carro – pagamento e feedbacks podem ser resolvidos diretamente no app. Você está em seu compromisso e o motorista já está disponível para o próximo cliente.

Enquanto muitas empresas no B2C já começaram a otimizar seus processos para evitar ao máximo esse tipo de atrito, muitas empresas B2B ainda não começaram a pensar em maneiras para proporcionar um processo de compra simplificado para seus compradores.

O que incluir no seu plano de marketing digital para 2019:

  • Utilização de recursos externos ou clientes anteriores para identificar as áreas de atrito em seu processo de vendas e marketing;
  • Uma estratégia para reduzir o atrito de compradores novos e existentes.

Automatize a comunicação do site com os chatbots

Quando vamos a uma loja física, gostamos de ter os representantes do atendimento ao cliente disponíveis exatamente na hora certa, não um momento antes ou um momento depois.

O bate-papo ao vivo e os chatbots podem ser uma ótima maneira de se conectar com seus usuários quando eles estiverem prontos para falar com sua empresa.

Uma vantagem importante é que graças ao aprendizado da máquina, os chatbots vão se aperfeiçoando e ampliando sua eficácia no processo.

Agora, em vez de contar com grandes equipes de atendimento, muitas empresas mudaram para chatbots automatizados que ajudam a filtrar os visitantes e a responder às perguntas iniciais antes de enviá-los a um vendedor.

O que incluir no seu plano de marketing digital para 2019:

  • Determinar se uma estratégia de bate-papo ao vivo ou chatbot é adequada para sua empresa e seu perfil de cliente;
  • Pesquisar diferentes tecnologias de chatbots antes de implementar uma;
  • Implementar uma estratégia de bate-papo, incluindo um processo para responder às solicitações de bate-papo no seu site.

Priorize os feedbacks e comentários dos clientes

No mundo atual dos negócios, os dados são tudo. Mas muitas empresas param de coletar e principalmente analisar estas informações quando se trata dos comentários e avaliações de clientes.

Lembre-se de que não apenas os comentários são reproduzidos nos algoritmos de classificação do Google, mas que também são uma ótima maneira de coletar dados qualitativos sobre os seus clientes.

Mas é importante que esclarecer que a maioria dos clientes não lhe dará feedbacks a menos que você peça.

Seu plano de marketing digital para 2019 pode ser o momento certo para criar processos sobre a coleta de comentários de clientes na forma de avaliações do Google, avaliações do Facebook ou até mesmo do Net Promoter Score.

O que incluir no seu plano de marketing digital para 2019:

  • Pesquisa e análise do melhor sistema de revisão para sua empresa, indústria, mercado etc;
  • Desenvolvimento de um plano para alcançar seus clientes e obter avaliações de maneira consistente.

Explore novos meios de conteúdo

Pessoas que estão em busca de mais informações para guiar suas decisões de compra têm preferências sobre onde obter suas informações.

Vivemos em um mundo onde a produção de conteúdo tem mais canais de publicação do que as empresas e seus especialistas em marketing digital integrado conseguem investir. Às vezes, isso pode interferir na análise sobre a decisão de quais canais adicionar ao seu mix de marketing.

Se sua empresa deseja expandir o alcance do seu plano de marketing digital para 2019, adicionar uma nova plataforma no ano que vem pode ser uma ótima maneira de fazer isso.

Comece perguntando a seus clientes atuais onde eles já investem seu tempo e procure oportunidades para expandir esses canais e plataformas. Veja uma lista de novas plataformas que você pode tentar:

  • Facebook: Facebook Watch, Facebook Live, Publicidade no Facebook, Facebook Messenger Chatbots;
  • Instagram: Instagram Stories Estratégia, IGTV, Instagram Ads;
  • YouTube: Conteúdo semanal do YouTube, anúncios do YouTube;
  • Podcasts: iniciar um podcast, aparições de convidados em outros podcasts, patrocínio de podcasts.

O que incluir no seu plano de marketing digital para 2019:

  • Uma pesquisa para pesquisar seus clientes sobre onde eles gastam seu tempo e obter informações confiáveis;
  • Uma nova abordagem para a plataforma onde sua empresa mais investe (tempo e/ou dinheiro) ou é mais bem-sucedida.

Crie conteúdo consistente para suas Micro Audiências

No início do século 20, as escolhas das pessoas sobre o tipo de mídia que iam escolher para consumir informação eram bem simplificadas: a família reunia-se em torno do rádio e ouvia os mesmos programas.

Com a transformação digital, a uma série de recursos disponíveis: dispositivos móveis, muitas casas possuem mais de uma TV, os rádios estão em nossos carros.

Podemos ter uma experiência de mídia completamente personalizada. Podemos nos inscrever em podcasts, canais do YouTube, Netflix e HBO. Sem mencionar coisas como IGTV e Facebook Watch. Com tantas opções, o público se torna cada vez menor e mais segmentado – mas também mais focado e específico, o que pode ser determinante para o seu volume de conversão.

Isso muda nossa estratégia sob o ponto de vista do marketing. É preciso, cada vez mais, produzir um conteúdo realmente relevante e voltado para um público bem mais específico.

Então pense em como sua empresa pode montar sua estratégia para este próximo ano. Pense em criar algum tipo de conteúdo semanal que seus melhores clientes esperem e antecipem.

O que incluir no seu plano de marketing digital para 2019:

  • Identificação do seu micro público com maior potencial de conversão para criar conteúdo eficaz e favorável à conversão;
  • Publicação de conteúdo regular especificamente direcionado para o seu micro público;
  • Adaptação do conteúdo existente para alinhar com o seu micro público.

Aproveite o conteúdo nativo nas mídias sociais

Não é segredo que os algoritmos das redes sociais favorecem o conteúdo nativo em seus sites.

E faz sentido quando analisamos isso mais a fundo: o Facebook (e todas as plataformas sociais) recebe mais conforme passa a contar mais com anúncios em sua rede.

Quando o usuário clica em uma postagem que leva a outro site, as chances de voltar e continuar a rolar o feed imediatamente são bem menores.

Embora seja preciso adaptar as estratégias já conhecidas para incluir mais conteúdo nativo, isso não significa que sua empresa não deva mais postar links para seu próprio site.

Na verdade, o guru de SEO Rand Fishkin recomenda ainda que sua empresa tenha uma estratégia para favorecer os links para seu próprio site.

Ao conseguir que os usuários acessem seu site, você tem mais chances de tentar convertê-los em um assinante ou lead.

O segredo basicamente se resume ao equilíbrio. Inclua conteúdo nativo para aumentar as taxas de engajamento da sua página com a ajuda dos algoritmos, mas adicione alguns links voltados para o site de sua empresa para manter-se plenamente focado na conversão de leads.

No topo desta mudança de algoritmo, plataformas como Facebook e Instagram se comprometeram a tornar seus feeds mais voltado para as atualizações de amigos e familiares (e consequentemente menos sobre marcas e páginas). Então, o que seu time de especialistas em marketing pode fazer para garantir a visibilidade de sua marca nas redes?

  • Utilize a funcionalidade de grupos: grupos são mais interativos e permitem discussões e conversas. Como os Grupos se concentram menos na mentalidade do impulsionamento do social, eles não foram penalizados da mesma forma que as páginas têm no algoritmo;
  • Crie e publique conteúdo nativo para o seu canal de mídia social de destino: como você tem trabalhado para direcionar a maior parte do seu tráfego e leads do LinkedIn? Talvez seja hora de pensar em como sua empresa pode publicar mais conteúdo nativo, o que mantém as pessoas na plataforma do LinkedIn;
  • Considere impulsos e promoções: todas as mudanças promovidas nos algoritmos das redes sociais nos últimos tempos acabaram convergindo para um modelo de negócios com regras mais específicas para publicidade.
    Isso significa que se sua empresa quiser contar com mais usuários acessando o seu conteúdo, talvez tenha que pagar por isso.
    Pense em maneiras de maximizar o alcance do seu melhor conteúdo promovendo-o por meio das plataformas de anúncios. Apenas certifique-se de que sua empresa está pagando por mais visitas ao seu site e não mais engajamento na plataforma.

O que incluir no seu plano de marketing digital para 2019:

  • Mais conteúdo nativo nos seus canais sociais mais bem-sucedidos;
  • Grupo de mídias sociais;
  • Aumento ou reestruturação do orçamento para redes sociais.

Otimize sua estratégia no Facebook

As possibilidades oferecidas pelo Facebook à sua empresa vão muito além de simples atualizações no feed de notícias de seus usuários.

Embora o alcance orgânico das páginas tenha despencado para 2% do público, ainda há muitas oportunidades para serem aproveitadas com um certo investimento nessa plataforma dentro do seu plano de marketing digital para 2019. Veja algumas áreas a serem consideradas:

  • Lead Ads: o novo fluxo de trabalho de publicidade do Facebook permite direcionar o tráfego pago para um formulário de coleta de leads sem sair da plataforma. O formulário se integra com as informações de um usuário que já estão armazenadas no Facebook e reduz o atrito para os compradores. Além disso, algumas plataformas de automação de marketing conseguem uma integração com a plataforma, para que os leads sejam automaticamente canalizados para o banco de dados;
  • Facebook Messenger: o Messenger agora tem 1,3 milhão de usuários ativos. A plataforma ainda lançou recentemente uma atualização que permite que o Facebook Pages integre o Messenger para se comunicar diretamente com seus leads potenciais;
  • Vídeo ao vivo: a introdução do Live Video no Facebook fornece às marcas uma conexão direta com o público – um resultado que tem sido difícil de ser obtido com o declínio do alcance orgânico. O vídeo pode ser um ingrediente estratégico fundamental para qualquer empresa, mas o Facebook Live permite que as empresas criem vídeos diretamente no Newsfeed. Como a plataforma ainda é relativamente nova, essas postagens são altamente favorecidas e aparecem regularmente para o público da sua página;
  • Facebook Watch: como falamos no início deste artigo, buscar novos canais de atuação é uma poderosa estratégia para seu plano de marketing digital para 2019 – e o o Facebook Watch pode ser a alternativa ideal. Considerado uma espécie de híbrido entre Netflix e YouTube, o recurso ainda está em fase inicial, mas certamente continuará sendo uma forte tendência do marketing digital para 2019.

O que incluir no seu plano de marketing digital para 2019:

  • Criação de uma estratégia para o Facebook Messenger com o objetivo de melhorar a funcionalidade do bate-papo com seu público;
  • Desenvolvimento de conteúdo de vídeo estratégico adicional, criado especificamente para o Facebook Live ou o Facebook Watch.

Amplie seus esforços no marketing de vídeo

Os vídeos podem contar a história do seu negócio de uma forma que nenhum outro formato de mídia ou de conteúdo pode oferecer.

Como uma espécie de janela para a cultura da sua empresa, os vídeos ajudam a desenvolver a confiança dos clientes. No entanto, muitas empresas ainda veem a estratégia de vídeo como um projeto gigante e caro que não vale seu tempo ou dinheiro.

Mas tenha em mente que um vídeo não precisa ser um empreendimento gigante, estressante e caro.

Com a empresa de produção de vídeos certa ou até processos internos, sua empresa pode criar conteúdo de vídeo que pode ajudar a gerar visitas, leads e, mais importante, clientes.

Independentemente do seu orçamento de vídeo em 2018, você deve deixar um espaço para isso em seu plano de marketing digital para 2019.

Se você não investiu em vídeo até agora, este é o momento certo para começar.

O que incluir no seu plano de marketing digital para 2019:

  • Uma estratégia sólida de marketing de vídeo;
  • Criação de mais vídeos: ao vivo, webcam, com dispositivos móveis próprios ou produzidos profissionalmente.

Essas foram as nossas dicas para contribuir na elaboração de seu plano de marketing digital para 2019. Mas podemos fazer muito mais: clique e peça nossa avaliação de estratégias digitais hoje mesmo!

MARKETING & NEGÓCIOS

Coloque seu email abaixo para receber as atualizações do blog!

Acesse o e-mail enviado e confirme a assinatura, obrigado!