Marketing de conteúdo em vídeo: o formato que chegou para ficar em 2017

Marketing de conteúdo em vídeo: o formato que chegou para ficar em 2017

O ano mal começou, mas uma coisa já é fato: 2017 será o ano que vai solidificar o marketing de conteúdo em vídeo.
E se a sua empresa ainda não tem planos para trabalhar o vídeo em suas estratégias de marketing – digital ou outbound – esse artigo vai mostrar porque você precisa parar tudo agora e rever seu planejamento para 2017!

Porque o vídeo é a grande tendência do momento

Esse 2016 foi um grande ano para o vídeo: surgiram novas plataformas e novos recursos em praticamente todas as redes sociais. E nunca houveram tantos incentivos para usar esse formato como agora.
O principal deles vem, é claro, do Facebook – considerado por muitos como a “Rede Globo” dos mapas de mídia atuais: não dá para não fazer anúncios lá.
Seu algoritmo está sendo mais uma vez atualizado e agora dá mais destaque aos conteúdos mais longos. Isso veio para resolver uma questão sobre a métrica usada na rede social, a porcentagem do vídeo assistido, que favorecia conteúdos mais curtos.
Todo esse crescimento do marketing de conteúdo em vídeo traz vantagens e desvantagens para as marcas e até para as agências de mídia digital.
O formato começou a ser impulsionado num momento em que todas as redes sociais estavam repletas de mensagens que eram quase todas mais do mesmo, poucos se destacaram.
E então surgiu o vídeo, dando um frescor à timeline das pessoas. O conteúdo em forma de vídeo – seja ao vivo, curtos e longos, informativos, curiosidades, entre outros.
Tudo isso transformou o formato em uma mina de ouro para as empresas, que podem aproveitar muito da produção dos usuários para trabalhar um conteúdo que é fora do comum.
Como isso funciona? Cada vez mais pessoas usam esse formato para mostrar ao mundo seus status e hábitos de consumo – e, com isso, podem divulgar os produtos e serviços de sua marca de uma forma muito mais atraente e relevante.
E o melhor: às vezes, até de forma gratuita.
A principal desvantagem deste formato é que ele requer muito mais criatividade, recursos, tempo e capacidade de resposta por parte das empresas.
Este é um dos grandes reflexos da transformação digital: muitas agências, marcas e empresas não estão ainda psicologicamente preparadas para essa “revolução” ao ritmo da improvisação.
E, com isso, não dispõem de recursos técnicos, econômicos e até humanos para gerir isso da forma como se deve.

Conheça as principais tendências
em marketing digital para 2017:
baixe nosso e-book agora mesmo!

e-book sobre tendências do marketing digital 2017

Como as plataformas estão trabalhando o marketing de conteúdo em vídeo

Com a popularização deste formato e o surgimento das novas redes sociais, as plataformas trataram de se preparar para acompanhar o ritmo.
O Periscope, antiga plataforma ligada o Twitter, ganhou a companhia do Snapchat. E isso forçou as duas redes sociais mais tradicionais a acelerarem.
O Instagram apresentou o Stories, que agora já conta com a possibilidade de fazer transmissões ao vivo.
E o Facebook liberou o recurso de transmissão de vídeo ao vivo para todos, além do recurso 360º, uma das tendências mais promissoras – pode apostar!
E enquanto o Instagram já liberou publicidade junto ao Stories, o Facebook anunciou que vai incluir publicidade dentro dos vídeos e permitir que os autores recebam por isso – como já acontece no YouTube.

Marketing de conteúdo em vídeo: o formato que chegou para ficar em 2017
Fonte: Meio Mensagem

Já o Periscope o e Twitter trataram de correr atrás e já anunciaram que vão entregar vídeo ao vivo no formato 360º. Além disso, também vão permitir live streamings diretamente na timeline do Twitter.

Cada vez mais marcas e empresas estão apostando no marketing de conteúdo em vídeo

Esta é uma tendência que só tende a aumentar – e 2017 parece ser só o começo desse longo reinado do vídeo.
As redes sociais, especialmente o Facebook e o Twitter, estão investindo fortemente em suas plataformas de vídeo streaming.
Um grande exemplo foi a recente posse de Donald Trump, que foi transmitida ao vivo via Facebook e Twitter por dezenas de meios de comunicação social em todo o mundo.
O streaming de vídeo é uma oportunidade perfeita para se conectar com os usuários de uma maneira inovadora.
Através dele é possível:
– Mostrar o funcionamento da empresa e suas linhas de produção
– Transmitir eventos para engajar aquela parcela do público que não pode participar pessoalmente
– Criar conteúdo exclusivo para redes sociais
– Fazer entrevistas e conversas com personalidades e membros importantes de sua empresa
Não há limites para as possibilidades.

Se você quer começar já a postar em vídeos como estratégia de marketing de conteúdo, mas não sabe como começar, clique e fale agora mesmo com um de nossos especialistas!

 

 

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

BAIXE O SEU GUIA PRÁTICO DE GERAÇÃO DE LEADS

O Guia Definitivo da Automação de Marketing

Saiba como utilizar o Digital para Aumentar Vendas e Conquistar Novos Clientes

COVID-19 Comece a recuperar seus negócios agora!

ABM Account-based Marketing

Guia de Mídia Paga

Ebook Marketing Digital para Indústrias

Ebook Tendências do Marketing Digital em 2020

Representante de Vendas – Digital

Cadastre-se e receba conteúdos inéditos sobre Marketing Digital

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

Posts Relacionados

EN PT ES