Marketing de permissão: o que é e como funciona

Marketing de permissão: o que é e como funciona

Marketing de permissão: o que é e como funciona

O marketing de permissão é um termo que promete se tornar cada vez mais popular no planejamento de digital de empresas brasileiras. Especialmente com a promulgação da LGPD.

Quando bem feito, permite às empresas atingir altas taxas de abertura e de cliques em campanhas, gerando vendas e receita incríveis através de seus esforços de marketing.

Saiba mais sobre o tema e descubra como obter bons resultados com essa estratégia.

Então, o que é marketing de permissão?

Bombardear as pessoas com marketing publicitário pode ser uma perda de tempo (e de dinheiro) se apenas uma pequena porcentagem dessas pessoas realmente aproveitar o que sua empresa tem a oferecer.

Então basicamente o marketing de permissão pede a permissão do usuário para continuar essa comunicação. Ao fornecer seus e-mails ou outras informações, os clientes manifestam seu interesse por esse canal de relacionamento com a sua empresa.

Quando sua empresa aplica o marketing de permissão, aumenta seu potencial de vendas. Isso acontece porque:

  • O cliente em potencial saberá quando os e-mails chegarão – e estará aberto para receber esse contato;
  • Como o lead se inscreveu na lista de e-mail, é mais provável que o conteúdo seja algo de seu interesse;
  • Quanto mais avançado é o seu sistema de marketing de permissão, mais ele é capaz de rastrear interesses individuais e adequar o conteúdo ao indivíduo.

Isso é especialmente importante quando levamos em conta que a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) entra em vigor já em 2020.

A dinâmica funciona mais ou menos nestes parâmetros: sua empresa oferece algo de valor – como uma inscrição para seminários, ofertas específicas, conteúdo relevante, um relatório ou ebook com download gratuito, acesso a vídeos especiais, entre outros. Em troca, o usuário fornece seus dados de contato. É uma troca de valor equivalente.

Dicas para uma estratégia de marketing de permissão eficaz

Como você pode ver no tópico anterior, a estratégia consiste em uma abordagem menos invasiva e mais relevante – levar ao usuário aquilo que é realmente importante para ele.

Para isso funcionar, sua empresa deve observar alguns pontos – veja mais a seguir:

Personalização é a chave do sucesso

Mensagens genéricas frustram seus assinantes. Já a personalização cria uma ponte de confiança.

Uma maneira de fazer isso é segmentar sua lista em grupos. Por exemplo, digamos que sua empresa tenha identificado dois tipos de compradores:

  • Aquele que está sempre atento às ofertas especiais, trials, entre outros;
  • Aquele que está sempre atento aos últimos lançamentos, inovações e atualizações dos produtos.

Esse tipo de segmentação facilita a personalização. Dessa forma, o e-mail que eles receberão é realmente relevante para eles – o que facilita as conversões.

Automação equilibrada

Equilibre o “calor humano” com as facilidades de contar com processos automatizados. Essas mensagens instantâneas e respostas personalizadas podem realmente fidelizar os clientes.

E-mails relevantes

Seja consistente em seus esforços de contato – mas sem ser insistente demais. Não deixe seus clientes pendurados, esperando retorno ou muito tempo sem um contato. Deixe-os saber que seu time de vendas ainda está lá, se precisar de alguma coisa.

Frequência de e-mails

Enviar e-mails com muita frequência pode surtir o efeito contrário: ao invés de conversões numerosas, sua empresa pode receber uma enorme taxa de cancelamento de assinatura ou, pior ainda, ser marcado como SPAM.

Leva tempo, esforço e testes para descobrir com que frequência o público deseja ser contatado. Encontrar um bom ritmo e siga nele.

Opções de Cancelamento de Assinatura

Um dos direcionamentos vindos da LGPD envolve a opção de cancelamento de assinatura em seu e-mail marketing.

Felizmente, a grande maioria dos serviços do gerenciador de listas oferecem “cancelamento de assinatura” por padrão – então isso não exigirá grandes esforços de implantação.

Assinantes de qualidade

O marketing de permissão permite que sua empresa impacte de fato seu cliente-alvo. O fator de lealdade significa que eles têm maior probabilidade de abrir seu e-mail, interagir, clicar e comprar seus produtos.

Além disso, eles têm um enorme potencial para propagar sua marca através do boca-a-boca. Assinantes de qualidade são construídos através da construção de uma relação – que não é algo que acontece da noite para o dia. Isso leva ao nosso próximo “não”…

Não compre mailings prontos

Se sua empresa comprar um mailing, seja qual for o fornecedor, estará violando a LGPD. Isso significa que alguém ou recolheu e-mails de sites ou levou informações de clientes e os vendeu para outra pessoa.

Significa também que sua empresa pode ser penalizada: a multa varia de 2% do faturamento do ano anterior a R$ 50 milhões. Um risco bem alto – não é mesmo?

Informações de contato visíveis

Sua empresa deve sempre disponibilizar um endereço físico e outras informações de contato, como suas redes sociais e site, ​​em seus boletins informativos.

Lembre-se: boas relações são construídas em cima de uma troca de confiança mútua.

Quer saber como o marketing de permissão se encaixa em sua estratégia atual? CLIQUE E SOLICITE nossa avaliação de estratégias digitais.

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

BAIXE O SEU GUIA PRÁTICO DE GERAÇÃO DE LEADS

O Guia Definitivo da Automação de Marketing

Saiba como utilizar o Digital para Aumentar Vendas e Conquistar Novos Clientes

COVID-19 Comece a recuperar seus negócios agora!

ABM Account-based Marketing

Guia de Mídia Paga

Ebook Marketing Digital para Indústrias

Ebook Tendências do Marketing Digital em 2020

Representante de Vendas – Digital

Cadastre-se e receba conteúdos inéditos sobre Marketing Digital

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

Posts Relacionados

EN PT ES