Marketing digital: tendências de consumo pós pandemia

Marketing digital: tendências de consumo pós pandemia

Todo empresário ou CEO já atravessou alguma crise em meio à economia global, que gera mudanças de hábitos de vida até que as coisas melhorem.

No entanto, a COVID-19 é diferente: ainda não havíamos atravessado um período com uma combinação catastrófica entre uma crise financeira e uma crise humanitária acontecendo simultaneamente e globalmente.

Isso tem feito muitas pessoas pensarem: como será a vida depois de tudo isso? Quais serão as tendências de consumo pós pandemia?

Os desafios decorrentes desse surto provavelmente acelerarão o uso de tecnologias e ferramentas existentes e novas à medida que localidades entram em bloqueios e ficam em quarentena, mesmo que em diferentes níveis.

Por que pensar nisso agora – talvez você esteja se perguntando? A resposta é: porque sua empresa vai sair dessa. Estamos aqui, juntos, buscando os melhores caminhos e estratégias mais eficazes para usar o marketing digital em prol dos seus negócios.

Antecipar as tendências e se preparar para este momento é fundamental para sair na frente e entender o novo cenário que nos espera. Por isso siga na leitura e descubra como se preparar.

Três grandes tendências de consumo pós pandemia

O marketing digital é, atualmente, o caminho mais viável para manter seu relacionamento com clientes, leads e parceiros comerciais. Afinal, a quarentena obrigou o mundo a mergulhar fundo no universo online para manter muitas de suas operações: equipes atuando em home office, apps de delivery garantindo acesso aos mais diversos serviços e as redes sociais encurtando as distâncias do isolamento social.

Sua empresa já deve estar experimentando os efeitos dessas mudanças – saber como trafegar neste novo cenário pode ser a chave para encontrar novos modelos de negócios e operação, não só neste momento, mas no que vem por aí. Tudo indica que muitas destas mudanças vieram para ficar.

Por isso listamos algumas tendências de consumo pós pandemia, mais focadas no marketing digital, assim sua empresa pode desde já determinar estratégias mais eficazes e aptas a trazer resultados mais expressivos – confira:

1) Transformação digital

Duas coisas que as empresas se depararam com a crise causada pela COVID-19:

  1. Quem deixou a transformação digital para depois preciso se adaptar em dias ou horas – o que nem sempre é positivo para seu budget;
  2. Durante um período de crise causada por um vírus, pela concorrência ou pelo comportamento do consumidor, é fundamental mudar as mensagens e o conteúdo para responder rapidamente.

Embora o novo coronavírus tenha destacado uma série de deficiências do modelo outbound de marketing, esses problemas sempre existiram.

As empresas de viagens, por exemplo, há muito tempo precisam lidar com desastres naturais ou estações do ano e mudar rapidamente suas mensagens ou remover determinados destinos de seu marketing.

As empresas de telecomunicações precisam responder constantemente a ofertas e descontos especiais oferecidos por seus concorrentes. Os varejistas precisavam constantemente oferecer novas ofertas para afastar a concorrência.

À medida que as marcas concorrentes explorar estratégias de marketing mais responsivas e em tempo real, onde a tecnologia criativa dinâmica orientada a dados permite que mudanças rápidas e imediatas no criativo e no conteúdo sejam enviadas a todos os canais de marketing, as empresas precisam abraçar essas tecnologias – ou correm o risco de ficar para trás. Ou de fora.

Uma coisa é clara: para acompanhar as tendências de consumo pós pandemia, as empresas terão que repensar quais tecnologias são realmente eficazes, quais podem ajudar a economizar dinheiro e quais podem transformar seus negócios, tão impactados por essa crise.

2) Marketing personalizado

A COVID-19 está mantendo o varejo físico quase inteiramente durante a fase de quarentena. Porém, as marcas que oferecem comércio eletrônico e marketing direto ao consumidor dispararam nas vendas.

As empresas que ainda dependiam muito de publicidade na TV, OOH e mídia impressa estão agora redirecionando seus investimentos para o Marketing Digital como uma nova maneira de levar os clientes a comprar através de seus sites e aplicativos.

Uma rápida mudança para o Marketing Digital pode ser sua resposta às vendas no varejo que continuam caindo e possivelmente não se recuperando por um tempo devido ao distanciamento social, imposto ou impulsionado pelo medo do consumidor.

Isso também sido observado especialmente no setor de food service: com os pontos de venda fechados por determinação da vigilância sanitária, cada vez mais o consumidor tem optado pelo delivery. Assim, marcas que concentraram a maior parte de seus esforços de marketing no reconhecimento da marca precisam mudar de marcha rapidamente para o marketing digital personalizado.

É preciso ter em mente que, mesmo com as restrições de quarentena levantadas, pedidos online serão uma das fortes tendências de consumo pós pandemia: agora as pessoas aprenderam por necessidade um novo mecanismo para fazer compras que eles nem sabiam que era possível ou simplesmente não tentaram.

Assim como apps como o Zoom ou Google Hangout ensinaram que reuniões nem sempre precisam envolver percorrer longas distâncias ou ficar cara a cara. O mundo está mudando – e sua empresa deve se preparar para isso desde já.

3) Produção criativa e de conteúdo

Muitas empresas, com medo dos impactos econômicos da pandemia, paralisaram seus esforços em produção de conteúdo. Especialmente aquelas que ainda contavam com um modelo arcaico de conteúdo e produção criativa que foi criado para TV e publicidade impressa, onde cada peça de conteúdo e peça criativa foi criada, editada, distribuída e paga manualmente.

Com os inevitáveis ​​cortes no orçamento de marketing, essa é uma área propícia ao uso da tecnologia para economizar em custos de produção.

Contar com uma agência de marketing digital garante à sua empresa um conteúdo mais eficiente – em termos de custos e resultados.

As segmentações e dados oferecidos hoje pelas plataformas digitais permitem falar exatamente com o seu perfil de público ideal, otimizando tempo e valores.

Ofertas especiais e preços também podem ser alterados dinamicamente sem ter que gastar seu orçamento em taxas de produção. É possível personalizar conteúdos, ofertas e argumentos, aumentando suas oportunidades de conversão.

A UP2Place Digital pode ajudar sua empresa a atravessar sua crise e se preparar para as tendências de consumo pós pandemia. Comece com nossa avaliação gratuita sobre quais ações implementar neste momento.

Solicite uma análise personalizada e gratuita UP2Place Digital de quais ações implementar para aumentar vendas.

COVID-19 Comece a recuperar seus negócios agora!

ABM Account-based Marketing

GUIA DE MÍDIA PAGA​
EBOOK MARKETING DIGITAL PARA INDÚSTRIAS​
EBOOK TENDÊNCIAS DO MARKETING DIGITAL EM 2020​
REPRESENTANTE DE VENDAS – DIGITAL​
Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads
Baixe o seu GUIA PRÁTICO DE GERAÇÃO DE LEADS
O Guia Definitivo da Automação de Marketing
Saiba como utilizar o Digital para Aumentar Vendas e Conquistar Novos Clientes
Clique aqui e solicite gratuitamente uma avaliação da sua Estratégia Digital

Cadastre-se e receba conteúdos inéditos sobre Marketing Digital

Posts Relacionados