Mídia programática: de que modo ela pode ajudar seus negócios?

Mídia programática: de que modo ela pode ajudar seus negócios?

Polêmicas recentes levaram grandes empresas, como Coca-Cola e Unilever, a cortarem seus investimentos no Facebook – colocando a mídia programática sob evidência.

Frequentemente confundida com a Rede de Display do Google, a mídia programática tem vantagens (e algumas desvantagens, nada é perfeito) que podem ajudar sua empresa a alavancar vendas e gerar mais reconhecimento de marca.

Venha saber mais – assim você poderá tomar as melhores decisões de investimentos em marketing digital.

Mídia programática X Rede de Display do Google (GDN)

Muita gente pensa que eles são a mesma coisa – mas não é bem isso. Embora ambos tenham o objetivo de levar sua mensagem para um público-alvo, cada um tem seus prós e contras.

Veja a seguir o que você precisa saber sobre Rede de Display do Google e mídia programática.

O que é a Rede de Display do Google (GDN)?

É um sistema que permite alcançar seu público enquanto eles navegam na Web – verificando seus e-mails, assistindo ao YouTube, navegando ou usando aplicativos móveis. A rede, que abrange mais de 2 milhões de sites, exibirá seus anúncios para um público-alvo, permitindo que sua empresa encontre novos clientes ou envolva os já existentes.

Nessa plataforma, sua empresa (ou sua agência de marketing digital) faz lances em seus espaços de anúncios preferenciais, os quais otimizam automaticamente ao longo do tempo para obter melhores resultados.

Ainda é possível selecionar diferentes camadas de sites, colocar determinados sites na lista negra e ter ciência de onde seus anúncios estão sendo exibidos.

O que é mídia programática?

A mídia programática é a compra e venda automatizada de anúncios digitais, que podem ser colocados em dispositivos móveis, computadores, tablets, TVs conectadas e muito mais – e nos mais diversos formatos:

  • Anúncios gráficos: com texto e imagem, semelhante à Rede de Display do Google;
  • Anúncios de áudio: podem ser veiculados em podcasts, rádio na Internet e plataformas de streaming de música como o Spotify;
  • Anúncios em vídeo: funcionam como anúncios nativos mesclados em uma página da web ou in-stream em determinados players de vídeo – exceto no YouTube, que faz parte estritamente da Rede de Display do Google.

A compra de mídia programática não é realizada através de uma plataforma gratuita ou aberta – para isso, é necessário que sua empresa acione sua agência ou um parceiro que possua o software necessário.

Pontos em comum entre a GDN e a mídia programática

Existem alguns elementos-chave que essas redes têm em comum:

  • Conceito: a GDN e a mídia programática são plataformas de lances baseadas em leilão que utilizam a publicidade gráfica para atingir um público-alvo;
  • Posicionamento: com as duas opções, sua empresa pode alcançar aplicativos para dispositivos móveis e posicionamentos de domínio;
  • Segmentação: em seu núcleo, ambas as plataformas compartilham opções básicas de segmentação. É possível segmentar um público-alvo específico com base em dados demográficos, comportamentos, interesses, tópicos do site e remarketing.

Sabendo o que ambas têm em comum, você pode estar pensando que elas seriam exatamente a mesma coisa – mas na verdade a mídia programática apresenta uma série de vantagens – veja no próximo tópico.

Vantagens da mídia programática

A mídia programática tem uma escala de distribuição aumentada, atingindo mais de 20 trocas de anúncios – enquanto a GDN suporta apenas uma troca de anúncios. Isso significa mais inventário e espaço disponíveis para exibição dos seus anúncios.

Também permite o uso de opções de formatação não disponíveis na GDN, como anúncios de áudio, TV conectada e vídeo nativo.

Com a mídia programática há um controle maior sobre as opções de segmentação por público-alvo, posicionamento de anúncios e redirecionamento.

Por exemplo, você tem diversos opções para exibir anúncios de redirecionamento com base nas porcentagens de conclusão do usuário para seus anúncios de áudio e vídeo. Se um usuário assistir ou ouvir mais de 50% do seu anúncio, sua empresa pode exibir outro vídeo. Mas se eles ouvirem apenas 25%, é possível exibir uma imagem diferente.

Da mesma forma, os anúncios programáticos vêm com integrações, permitindo opções avançadas de segmentação, como publicidade baseada em localização, publicidade comportamental e atribuição na loja.

Com a atribuição na loja, o público pode receber anúncios depois de visitar o local físico de uma loja, conhecido por meio do rastreamento de dispositivos móveis. Essas opções vão além dos métodos de segmentação disponíveis da GDN.

Pontos de atenção

A mídia programática tem uma série de vantagens estratégicas, mas tudo isso tem um preço – e esse é um ponto de desvantagem, se comparada à GDN.

No geral, o valor do investimento em mídia programática é um pouco mais elevado. A boa notícia é que esses custos podem ser compensados ​​trabalhando com um fornecedor ou agência que já possua a plataforma.

Outra desvantagem é que o modelo de CPM (custo por mil impressões) significa que sua empresa paga pelas impressões e não pelo envolvimento.

Por esse motivo, a segmentação deve ser pensada estrategicamente, usando um pouco mais de dados e capacidade cerebral do que é necessário com a GDN.

Na verdade, há uma lacuna de aprendizado muito maior em geral quando se trata de mídia programática, em contraste com a configuração amigável do Google – por isso é importante ter o suporte de especialistas.

A mídia programática é a opção certa para a sua empresa?

Apesar do déficit de custo e da parte técnica, a mídia programática é sempre a melhor opção se o seu orçamento permitir. Dá a você maior controle, uma escala mais ampla e melhores recursos de segmentação.

Mas se o seu orçamento for mais limitado, a Rede de Display do Google também pode ser uma boa alternativa.

Seja qual for a opção escolhida, o essencial é que sua empresa tenha uma mensagem clara, ótimas imagens ou conteúdo de vídeo e uma forte estratégia por trás de seus esforços de publicidade.

A UP2Place Digital pode ajudar nisso – solicite nossa avaliação gratuita e nossos especialistas encontrarão a estratégia ideal para o sucesso de sua empresa!

https://info.up2place.com.br/obtenha-uma-analise-gratuita

COVID-19 Comece a recuperar seus negócios agora!

ABM Account-based Marketing

GUIA DE MÍDIA PAGA​
EBOOK MARKETING DIGITAL PARA INDÚSTRIAS​
EBOOK TENDÊNCIAS DO MARKETING DIGITAL EM 2020​
REPRESENTANTE DE VENDAS – DIGITAL​
Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads
Baixe o seu GUIA PRÁTICO DE GERAÇÃO DE LEADS
O Guia Definitivo da Automação de Marketing
Saiba como utilizar o Digital para Aumentar Vendas e Conquistar Novos Clientes
Clique aqui e solicite gratuitamente uma avaliação da sua Estratégia Digital

Cadastre-se e receba conteúdos inéditos sobre Marketing Digital

Posts Relacionados