Mobile-First: focando em aplicativos móveis para melhorar a experiência do usuário

Os tempos mudaram e a forma de acesso à internet que mais cresce hoje em dia é através de dispositivos e aplicativos móveis, e nenhuma empresa que queira visibilidade pode ignorar os fatos. A previsão é que nesse ano o número de acessos por mobile seja maior do que em desktops, e a experiência do usuário é um fator determinante para marcas criarem um bom relacionamento com os clientes.

Saber que os consumidores estão te conhecendo por um aplicativo móvel, não através da tela de um computador, é o primeiro passo para entender a importância do mobile na transformação digital. Por isso, pensar em uma estratégia de desenvolvimento priorizando aplicativos móveis é uma tendência que cresce entre desenvolvedores e principalmente startups.

Aqui, vamos ajudar você a entender um pouco mais sobre Mobile-First e a importância da experiência dos usuários em aplicativos móveis para a sua transformação digital.

Começar pelo mobile

O aumento constante de acesso por dispositivos móveis já é o suficiente para convencer qualquer desenvolvedor a começar sua estratégia focando em mobile. Mas essa onda é maior do que parece, e até mesmo grandes empresas de tecnologia investem nessas estratégias e recompensam quem adere à prática: desde abril desse ano o Google mudou seu mecanismo de busca e agora prioriza sites otimizados para dispositivos móveis nos resultados.

Quem investe em e-commerce tem ainda mais razões para pensar sua estratégia em dispositivos móveis: no Brasil, o comércio online cresce até 3 vezes mais no mobile em comparação às formas tradicionais. Otimizar um negócio para smartphones e tablets deixou de ser uma opção e passa a ser a forma padrão de operar no mercado.

Mas qual é a diferença de começar a desenvolver sites e apps para dispositivos móveis e não para outros sistemas? Basicamente tudo se explica com a metodologia Mobile-First.

Metodologia Mobile-First

A metodologia Mobile-First é o que define a forma de desenvolvedores trabalharem ao prepararem aplicativos e sites que vão funcionar em diferentes plataformas. A ideia é produzir primeiro aplicativos móveis, e depois adequar o produto para diferentes sistemas. É o que se conhece por Progressive Enhancement (enriquecimento progressivo).

Nessa metodologia a ordem é deixar as coisas simples. Os clientes que acessam o site mobile ou o app querem agilidade em conseguir as informações, então o foco é em passar o conteúdo ou realizar funções da forma mais direta possível.

Como os dispositivos móveis normalmente têm processadores inferiores, telas menores, e conexões mais lentas, o produto final deve ser leve, rápido, e com uma interface navegável. Por isso é cada vez mais comum empresas dividirem seus aplicativos para deixá-los mais rápidos, como foi o caso do Facebook que separou o Messenger do seu app para otimizar a navegação.

Ao contrário do que acontecia há poucos anos, quando o foco do desenvolvimento era para computadores e depois levemente degradado para funcionar em dispositivos menos potentes e com poucas funcionalidades – a chamada Graceful Degradation – a ideia do Mobile-First é que produzindo uma versão básica especialmente para dispositivos móveis, o resultado final será uma plataforma otimizada que gera uma boa experiência do usuário, e não um site ou app que parece feito para sistemas tradicionais e sobrevive no mobile.

Por que priorizar aplicativos móveis melhora a experiência do usuário?

Usar a metodologia Mobile-First na sua transformação digital é o que define e cria uma melhor experiência de usuário. As principais vantagens que geram essa melhoria são:

Programar para dispositivos mais restritos força você a otimizar as interações com o usuário

O uso de telas menores e processadores menos potentes faz com que o desenvolvimento seja focado especialmente em aplicativos móveis, fazendo com que funcionem perfeitamente de acordo com o sistema usado sem problemas de compatibilidade.

Focar em mobile deixa sua mensagem mais direta

Produzir conteúdo para um dispositivo com menos armazenamento e velocidade de conexão mais lenta faz com que sua mensagem tenha que ser mais simples e direta. Menos imagens pesadas, textos mais informativos, e respostas mais rápidas.

Respostas rápidas e clientes felizes

Usuários de dispositivos móveis buscam agilidade quando procuram informações. Quando uma empresa tem um app ou site feito especialmente para mobile, e se preocupa com a real experiência do seu cliente, a satisfação é garantida. Agora com as novas prioridades do mecanismo de busca do Google, os usuários também encontram o que procuram mais rapidamente.

Este artigo apresentou uma grande tendência e possibilidade – Mobile-First!

Para complementar seu conhecimento baixe nosso ebook que tem uma abordagem simples e prática de oportunidades e como transformar seu negócio.

Clique aqui para baixar gratuitamente!

transformação digital 420px

MARKETING & NEGÓCIOS

Coloque seu email abaixo para receber as atualizações do blog!

Acesse o e-mail enviado e confirme a assinatura, obrigado!