Entenda com uma boa página de vendas pode ajudar sua empresa a atrair leads e convertê-los em clientes em um processo de resultados.

Página de vendas e sua importância para os negócios

Atualmente, a página de vendas é um recurso essencial dentro do marketing digital.

Afinal, uma página de vendas bem-sucedidas pode trazer excelentes resultados para sua empresa. Porém, sabemos que criar algo desse tipo seja algo complexo.

Por isso, os especialistas da UP2Place Digital prepararam este breve guia para quem quer entender melhor o conceito ou até criar uma página de vendas por conta própria.

Então, siga na leitura e prepare-se para saber – e vender – mais!

O que é uma página de vendas?

A página de vendas é um dos principais recursos aplicados para fazer um visitante se transformar em um cliente.

Mas, para isso funcionar, é essencial que ela demonstre claramente como seu produto ou serviço resolve a dor de seu cliente. Assim como os benefícios advindos de sua aquisição.

Embora a definição seja bastante simples, muitos recursos são necessários para a criação de uma ótima página de vendas.

Por exemplo: é importante fazer uma pesquisa aprofundada com o cliente. Assim você poderá saber quais pontos de dor subjacentes ele tem em torno de seu problema.

Digamos que sua empresa ofereça um serviço de gestão escolar. Você pode descobrir através da pesquisa que eles têm pontos de dor subjacentes além de apenas emitir boletos de mensalidade.

Talvez eles tenham um problema com a gestão de recursos internos – como os livros ou tablets usados pelos alunos no dia a dia.

Assim, em vez de explicar o que seu produto ou serviço faz (ajudando-os a gerir sua instituição de ensino), é possível explicar como ele vai fazê-los se sentir e abordar pontos de dor subjacentes (ter um controle de acesso aos recursos cedidos).

Finalmente, uma grande página de vendas também deve responder a todas as objeções do leitor.

Então, se eles argumentarem algo como “Bem, essa oferta pode funcionar em instituições pequenas, mas não vai funcionar em uma com várias sedes” você saberá o que fizer.

Como? Usando estudos de caso e provas sociais, que também são elementos-chave das páginas de vendas. Dessa forma, fica mais fácil ajudar o cliente a se identificar com outras empresas do mesmo perfil que obtiveram sucesso com seu produto ou serviço.

Em última análise, uma ótima página de vendas conhece o cliente tão bem que a oferta que ele faz é irresistível.

Então, uma página de vendas é uma landing page?

Embora uma landing page e uma página de vendas compartilhem algumas características comuns, existem algumas diferenças importantes entre os dois recursos. Saiba mais a seguir.

Propósito

A primeira diferença é o propósito. Como o nome sugere, uma landing page é projetada para que os potenciais clientes tomem uma ação específica, como fornecer suas informações de contato. Não se destina a vender um produto ou serviço.

Além disso, destina-se a capturar leads para o acompanhamento de e-mail. Por outro lado, uma página de vendas foi projetada para vender um produto ou serviço.

Por isso, normalmente inclui mais informações sobre o produto ou serviço e fotos, vídeos e depoimentos de clientes.

Uma vez que uma landing page está focada em fazer com que os potenciais clientes tomem uma ação específica, ela deve ser mais concisa do que uma página de vendas.

Assim, uma landing page também deve incluir um forte chamado à ação para que os potenciais clientes saibam o que precisam fazer para receber mais informações.

Layout

O design de uma landing page também é importante, pois ela precisa ser simples, concisa e incluir um forte chamado à ação.

Já o design de uma página de vendas, por outro lado, pode ser mais elaborado. Pois deve incluir fotos, vídeos, depoimentos de clientes e informações mais detalhadas sobre o produto ou serviço.

Copy

O termo refere-se a qualquer texto em uma página que informa aos visitantes do site detalhes-chave sobre um produto, serviço ou marca.

Muitas páginas de vendas usam bullet points, gráficos e parágrafos curtos, que permitem aos visitantes aprender informações valiosas rapidamente.

Baixe já:Guia de Ofertas de Conteúdo para uma Geração Eficaz de Leads

Além disso, você também pode usar elementos de estilo como texto em negrito e tamanhos de fonte maiores para enfatizar certas palavras ou seções dentro da página.

Chamada à Ação

O chamado à ação é outra diferença importante entre as landing pages e páginas de vendas.

Pois uma landing page deve incluir um forte chamado à ação para que os potenciais clientes saibam o que precisam fazer para receber mais informações sobre seu produto ou serviço.

Enquanto uma página de vendas normalmente inclui várias chamadas para a ação. Dessa forma, os potenciais clientes saberão tomar diferentes ações, de acordo com seus interesses.

Além disso, a chamada para a ação em uma landing page é tipicamente mais agressiva do que a chamada para a ação em uma página de vendas.

Afinal, uma landing page foi projetada para fazer com que os potenciais clientes tomem uma ação específica. Enquanto uma página de vendas foi projetada para persuadir potenciais clientes a comprar um produto ou serviço.

Nutrição de leads

Uma landing page também pode ser usada para nutrir potenciais clientes. Depois que um cliente em potencial fornecer suas informações de contato, você pode enviar-lhes e-mails automatizados, que fornecem mais informações sobre seu produto ou serviço.

Assim, isso pode ajudar os potenciais clientes a aprender mais sobre seu produto ou serviço e decidir se eles querem comprá-lo.

Em compensação, uma página de vendas não é tão eficaz para nutrir potenciais clientes. Já que seu objetivo principal envolve estimular seus clientes para comprarem seu produto ou serviço.

Direcionamento

Uma landing page pode ser direcionada para clientes potenciais específicos, de acordo com:

  • Demografia,
  • Interesses,
  • Níveis hierárquicos,
  • Comportamento.

Mas uma página de vendas não deve ser direcionada dessa forma. Você pode até adotar um direcionamento de uma página de vendas para um grupo específico de pessoas.

Porém, nem todos os clientes potenciais que virem a página estarão necessariamente interessados no produto ou serviço.

Teste A/B

Você pode testar o desempenho de uma landing page durante sua criação. Sua agência de marketing digital pode testar o título, a chamada para a ação, o design e até mesmo o marketing de conteúdo aplicado.

Porém, uma página de vendas não pode ser testada desta forma. E, como uma landing page é mais concisa do que uma página de vendas, é mais fácil testá-la.

Custo

As landing pages são menos complexas de criar do que páginas de vendas. Afinal, uma landing page não precisa incluir tanta informação quanto uma página de vendas.

Formato e tamanho

Outra diferença entre landing pages e páginas de vendas é a sua extensão. Uma landing tem um propósito claro: que o potencial cliente entenda o que precisa fazer para receber mais informações.

Por outro lado, uma página de vendas é tipicamente mais longa e detalhada. Ele inclui mais informações sobre o produto ou serviço e fotos, vídeos e depoimentos dos clientes. Assim, ela pode aumentar as chances de vendas.

Falaremos mais detalhadamente sobre isso a seguir.

O que são página de vendas longas e página de vendas curtas?

Como você viu no tópico anterior, nem todas as páginas de vendas parecem iguais. Enquanto algumas são curtas e com apenas algumas centenas de palavras, outras são extensas e com um conteúdo mais aprofundado.

Como você vai saber qual é o formato certo para o seu negócio?

Há vantagens e desvantagens em ambos os casos. Por exemplo, páginas de vendas de formulários longos são excelentes porque permitem:

  • Construir uma forte relação com o leitor e mostrar a eles que você conhece e entende seus pontos de dor;
  • Mostrar os benefícios do seu produto, mergulhar em pontos de dor subjacentes e responder objeções.

No entanto, páginas de vendas de formulários longos também têm desvantagens.

O principal é que algumas pessoas podem não querer ler a página inteira. Assim, o valor principal e o CTA são facilmente perdidos. Além disso, você pode perder algumas compras por impulso.

Portanto, a vantagem das páginas de vendas de formulário curto é que elas permitem que você:

  • Comunique rapidamente o valor do produto se o leitor estiver com pressa;
  • Forneça uma visão geral concisa que pode ser facilmente compartilhada com amigos/colegas.

Então o tipo de página de vendas que sua empresa escolhe criar realmente se resume à oferta que você tem.

Em geral, uma página = mais curta é ideal para um produto ou serviço que é:

  • Simples/autoexplicativo;
  • Custo relativamente baixo;
  • Investimento de tempo relativamente baixo.

Em geral, uma página de vendas longa é ideal para um produto ou serviço que é:

  • Complexo;
  • Custo relativamente alto;
  • Investimento contínuo de compromisso/tempo.

Embora essas sejam algumas diretrizes, a questão ainda pode ser complexa. Por isso, a dica é pensar em quanto tempo você levaria para vender seu produto pessoalmente.

Se você ou seu time de vendas só precisa mostrar ao seu prospect uma demonstração rápida ou exemplo, provavelmente uma página de vendas de formulário curto dá conta do recado.

Mas se você acredita que seu produto ou serviço exige uma conversa mais extensa e um relacionamento com o comprador, uma página de vendas de formulário longo é provavelmente a melhor opção.

Por que seu negócio precisa de uma página de vendas?

Uma página de vendas é uma parte essencial da estratégia de marketing de qualquer empresa.

Pois é o lugar perfeito para fornecer informações sobre seu produto ou serviço, depoimentos de clientes e um chamado à ação eficaz.

Uma boa página de vendas pode ajudar a persuadir potenciais clientes a comprar seu produto ou serviço. Com uma estrutura eficaz, sua empresa pode:

Vender produtos ou serviços on-line

Páginas de vendas podem ser usadas para vender produtos ou serviços online. Inclusive, este é o uso mais comum para o recurso.

Além disso, é também o lugar perfeito para fornecer informações sobre seu produto ou serviço, depoimentos de clientes e um chamado à ação.

Aumentar a conscientização da marca

Uma boa página de vendas também pode ajudar a aumentar a conscientização sobre a sua marca.

Quando os clientes em potencial visitarem seu site, eles verão seu logotipo e aprenderão mais sobre sua empresa.

Dessa forma, isso pode ajudar a aumentar a conscientização da marca e incentivar potenciais clientes a comprar seu produto ou serviço.

Além das páginas de vendas, você pode obter também bons benefícios ao incluir um blog para tornar seu site mais interativo e envolvente para os visitantes.

Capturar leads

Uma página de vendas também pode ser usada para capturar leads. Quando os clientes em potencial inserirem suas informações de contato na página, eles serão adicionados à sua lista de discussão.

Assim fica mais fácil para seu time de vendas manter contato com potenciais clientes e incentivá-los a comprar seu produto ou serviço.

Estabelecer confiança junto a clientes potenciais

Depoimentos de clientes podem ajudar a estabelecer confiança com potenciais clientes.

Pois quando os clientes em potencial veem que outras pessoas tiveram uma boa experiência com seu produto ou serviço, estarão mais propensos a considerar comprá-lo eles mesmos.

Principais elementos de uma página de vendas

Independentemente do produto ou serviço que sua empresa está vendendo, uma boa página de vendas tem os mesmos elementos-chave:

Título de impacto

O primeiro e talvez mais importante aspecto da sua página de vendas é uma chamada forte. Sem isso, o resto de sua página não importará porque você não convenceu ninguém a lê-la.

Então a chave para criar um título de impacto é dizer algo que ressoe com os principais pontos de dor do seu público. O segredo é focar na segmentação para atrair públicos distintos e leads mais qualificados.

Ponto de dor

O próximo passo é validar imediatamente o ponto de dor do cliente. Mas tenha em mente que a execução vai depender do formato ser de formulário longo ou curto. Mesmo que o conceito seja relativamente semelhante.

Saiba mais: Pontos de dor do cliente: o guia definitivo

Se você optar por fazer uma página de vendas de formulário curto, pode ter um slogan ou subtítulo mais específico.

Imagine uma página de vendas que vende super coffee cujo título seja: “E se você acordasse na segunda-feira de manhã animado para ir trabalhar?”

Observe que isso bate em um ponto de dor subjacente. A maioria das pessoas toma café para se manter alerta e animado.

No entanto, o título aproveita o ponto de dor subjacente: a maioria das pessoas acorda desanimada na segunda-feira porque está frustrada com o seu trabalho.

Por isso, uma página de vendas curta não demanda um grande storytelling. Como no exemplo acima, o título deve bater no ponto de dor. Aí, então, ele diz claramente o que o produto ou serviço visa.

No entanto, se você tem uma página de vendas longa, pode mergulhar em uma história sobre como seus clientes lutaram com um ponto de dor semelhante (para mostrar como isso foi superado com seu produto ou serviço).

Para facilitar essa abordagem, use aqui seus melhores depoimentos dos clientes sobre os pontos de dor que experimentaram antes do seu produto existir na vida deles.

Isso fará com que seu público se identifique e acredite que finalmente encontrou alguém que os entende.

Informações sobre o produto ou serviço

A primeira coisa que você precisa fazer é fornecer informações sobre o produto ou serviço que está vendendo. Então isso inclui uma descrição do produto ou serviço e o que ele faz.

Além disso, é essencial incluir imagens e vídeos para ajudar a ilustrar o que você está vendendo. Mais: sua página também deve se concentrar no seu público-alvo.

Se sua empresa está vendendo um produto físico, precisa incluir informações técnicas sobre o produto. Como suas dimensões, peso e materiais.

Agora se a venda é de um serviço, você precisará fornecer informações sobre o que o serviço oferece e quaisquer restrições ou limitações.

Benefícios

Agora que você estruturou o ponto de dor e tem o seu público pensando nisso, o próximo passo é mostrar como seu produto dominou esse desafio.

Responder objeções/perguntas frequentes

À medida que você chega ao final de sua página de vendas, responda objeções e perguntas frequentes.

Pois isso é essencial para aumentar suas conversões. Então comece aprendendo quais são as objeções mais comuns. Como? Fazendo pesquisa com o cliente.

Se você está apenas adivinhando, você provavelmente vai perder um monte de oportunidades. Portanto, use a integração entre marketing e vendas, pergunte-lhes quais são as objeções mais comuns e que tipo de soluções os clientes querem.

Ainda é possível saber isso através de e-mails e até mesmo ligando para seus clientes diretamente. Assim você pode perguntar quais eram suas reservas antes de comprar.

CTA

Agora, a única coisa que resta é fechar a oferta com um CTA. Idealmente, você deve ter CTAs ao longo de sua página de vendas. Porém, no final deva ser o mais perceptível.

Para otimizar seu CTA, certifique-se de incluir:

  • Um temporizador de contagem regressiva;
  • Uma garantia de de volta do dinheiro, sem riscos;
  • Qualquer oferta de pagamento mensal;
  • A proposta principal de valor mais uma vez;
  • Quaisquer bônus.

Saiba mais: CTAs que funcionam: 7 dicas para revolucionar seus negócios

Como criar uma página de vendas eficaz

Aqui estão alguns pontos-chaves para criar uma página de vendas realmente eficiente:

  • Identifique seu público-alvo: assim você pode identificar os benefícios que são de maior interesse para eles e usar uma abordagem que ressoa com esses consumidores;
  • Defina sua proposta de valor: isso explica o que um cliente pode realizar se comprar seu produto ou serviço;
  • Determine opções de preços: considere oferecer preços diferentes com diferentes níveis de serviço, para que os consumidores possam escolher o pacote que melhor atenda às suas necessidades;
  • Escolha um tipo de página de vendas: como mencionado, você pode criar páginas de vendas de forma curta ou longa;
  • Adicione elementos visuais: se você criar um infográfico ou outro auxílio visual para sua página de vendas, considere torná-lo um recurso para download para que os leitores possam compartilhá-lo com seus amigos e colegas.
  • Crie um senso de urgência: incentive os visitantes do site a agir imediatamente. Isso diminui a chance de o cliente esquecer o produto ou escolher um concorrente. Para isso, ofereça um desconto de curto prazo ou enfatize que há apenas um número limitado de produtos disponíveis.

Agora olhando para o ponto de vista técnico, você precisa de um software pós-clique para hospedar sua página de vendas. Felizmente, existem algumas opções que são fáceis de usar e não exigem conhecimento de codificação.

Abaixo estão algumas das mais populares. Embora eles tenham pequenas diferenças, todos eles são fáceis de usar e fazem essencialmente o mesmo trabalho.

Mas você pode obter benefícios melhores usando uma plataforma como a RD Station, que oferece recursos como este e mais uma série de vantagens para o seu negócio.

CLIQUE AQUI PARA UMA DEMO GRÁTIS DA RD STATION

Além da página de vendas e da landing page, a RD permite que sua empresa tenha um amplo controle do disparo de e-mails marketing e outros recursos pensados para otimizar seus processos de vendas – vale a pena conhecer!

Dicas para criar uma página de vendas de sucesso

Aqui estão algumas estratégias que você pode usar para criar uma página de vendas que vai atrair os clientes e incentivá-los a fazer negócio com a sua empresa:

  • Elementos de teste na página: pequenas alterações na sua página de vendas podem ter um grande impacto nas conversões. Por isso, é importante fazer o teste dividido da sua página regularmente. Tente testar diferentes títulos, recursos visuais e cores para a página e botões CTA;
  • Use um design responsivo: muitas pessoas compram online diretamente de seus dispositivos móveis. Então fazer uma página que funcione bem em dispositivos móveis, como tablets e telefones, pode aumentar as compras. Além disso, considere apostar em uma agência de marketing digital para ajudar sua empresa a criar uma página de vendas amigável para dispositivos móveis;
  • Remova elementos distrativos da página: embora um site normalmente tenha barras de menu e barras laterais para facilitar a navegação dos visitantes, esses elementos podem atrapalhar em uma página de vendas. Por isso, evite barras laterais e inclua apenas cabeçalhos e rodapés necessários. Assim, seus consumidores podem se concentrar melhor nos outros elementos da sua página.

Comece já a criar sua página de vendas!

Embora as estratégias e dicas deste post o ajudem no seu caminho para o sucesso, não há bala de prata para criar a página de vendas perfeita.

Em vez disso, a prática e a experiência são as melhores maneiras de tornar este processo mais eficaz. Então, comece a criar já sua primeira página de vendas agora.

Depois de começar a gerar tráfego, teste vários elementos e não desista. Com o tempo, você notará hacks de copy, estratégias de geração de tráfego e muito mais.

Agora se você quer encurtar esse processo, fale com os especialistas da UP2Place Digital.

Juntos podemos ir além de uma página de vendas e pensar em uma estratégia completa de marketing digital integrado, pensada para garantir resultados expressivos. Em vendas e crescimento no mercado.

COMECE JÁ: FALE COM UM ESPECIALISTA UP2PLACE DIGITAL

Pesquisar

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

BAIXE O SEU GUIA PRÁTICO DE GERAÇÃO DE LEADS

O Guia Definitivo da Automação de Marketing

Saiba como utilizar o Digital para Aumentar Vendas e Conquistar Novos Clientes

Clique aqui e solicite gratuitamente uma avaliação da sua Estratégia Digital

COVID-19 Comece a recuperar seus negócios agora!

ABM Account-based Marketing

Guia de Mídia Paga

Ebook Marketing Digital para Indústrias

Representante de Vendas – Digital

Cadastre-se e receba conteúdos inéditos sobre Marketing Digital

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads

Posts Relacionados

Contato

Rua Sergipe, 475, Cj 403

Higienópolis,  São Paulo-SP

CEP 01243-001,

Copyright Ⓒ 2020 UP2Place Digital. Política de Privacidade e Termos de Uso.