Blog

As páginas pilares são a grande aposta atual do B2B. Mas você sabe o que são e a diferença que podem fazer em seus negócios?

Páginas pilares: dicas para uma estratégia eficaz de conteúdo

Cada vez mais as empresas B2B estão apostando nas páginas pilares. Mas você sabe o que de fato isso significa e qual é a diferença que ela pode fazer em seus negócios? Descubra com a leitura a seguir.

Páginas pilares e seu papel no conteúdo de topo de funil

Fato: muitas empresas B2B focam no meio do funil de vendas. Para isso, investem na produção de ótimos e-books, publicam bons estudos de casos e ainda apostam em vídeos sobre seus produtos.

Porém, muitas tendem a negligenciar o conteúdo de topo de funil. Isso pode ser um problema. Afinal, esse tipo de conteúdo é realmente crucial para o sucesso do B2B. Por que? Porque ele permite que seus potenciais clientes aprendam mais sobre a marca.

Uma ótima maneira de as empresas B2B preencherem essa lacuna é criando páginas pilares. Este é um tipo de conteúdo que ajuda seu site a se classificar efetivamente nos mecanismos de busca. Assim atraem um volume maior de pesquisa, além de mais consultas de conversação.

Mas o que são páginas pilares?

Páginas pilares também costumam ser chamadas de conteúdo de hub ou conteúdo de guarda-chuva. Chamamos assim aquelas páginas do seu site que trazem um tipo de conteúdo que é realmente otimizado para um tópico muito amplo. Mas que é realmente relevante para o seu negócio.

Qual é o seu grande papel dentro de sua estratégia de marketing de conteúdo? As páginas pilares se conectam internamente às suas páginas de cluster. São aquelas direcionadas para termos de busca de caudas mais longas, palavras-chave secundárias e realmente bem otimizadas para responder às perguntas que seus clientes podem ter. Por isso, é essencial conectar páginas de cluster a cada página pilar – e vice-versa.

Mais uma vez, isso tem múltiplos benefícios. O primeiro deles é que seus clientes são capazes de navegar por este conteúdo e obter respostas para suas perguntas por conta própria. Além disso, é ótimo para o SEO. Isso porque é fácil para o Google dizer do que se trata esse conteúdo, já que está tudo internamente ligado um ao outro e tudo está focado em um tópico específico.

Por que investir em páginas pilares para B2B?

A concorrência no B2B pode ser bem grande feroz. Então apostar em páginas pilares amplifica sua presença digital, à medida que há um número maior de tópicos para seus leads explorarem.

Outro ponto: seus clientes B2B precisam processar mais informações antes de decidir fazer negócios com você. Afinal, suas apostas são maiores. É aí que as páginas pilares entram, já que elas ajudam a mostrar que sua empresa tem conhecimento suficiente sobre o seu campo.

Esse esforço se soma aos outros conteúdos que você produz pensando nas etapas do funil. Pois os clientes gostam de ter acesso aos white papers, estudos de caso e e-books. Então quanto mais conteúdo você puder fornecer a eles, melhor é para o seu negócio.

DICA DE LEITURA EXTRA: Guia de Ofertas de Conteúdo para uma Geração Eficaz de Leads

Benefícios da criação de páginas pilares

  • Otimização da criação de conteúdo: é mais fácil criar um cluster de tópicos. Assim você pode publicar artigos de blogs e páginas Web em tópicos menores;
  • Gerenciamento de fluxo mais efetivo: publicar conteúdo segmentado permite atingir e atrair públicos distintos de forma prática. Depois, eles serão conduzidos através dos links internos;
  • Atualizações facilitadas: é possível criar uma página pilar no início e, em seguida, continuar atualizando-o com novos links;
  • Bom rankeamento para o site: as páginas pilares e seus clusters de tópicos relacionados melhoram suas posições em rankings de mecanismos de busca a longo prazo.

Dicas para criar páginas pilares efetivas

Páginas pilares e clusters de tópicos estão principalmente relacionados com a melhoria dos rankings dos mecanismos de busca. Mas isso não significa que eles devem ser criados apenas para isso. Afinal, páginas pilares também ajudam a aumentar o engajamento e a conversão. Além disso, elas contribuem para estabelecer a autoridade de sua empresa no setor.

Mas para tudo isso acontecer, é preciso ter uma estratégia eficaz de criação. O segredo é evitar empacotar o máximo de palavras-chave possível em seus clusters de tópicos e páginas pilares. Isso fica mais fácil quando você tem um plano para criar uma base de conhecimento. Por isso listamos aqui algumas dicas para criar páginas pilares eficazes para sua empresa:

Use um tópico de página pilar principal

Seria algo na linha “Guia passo a passo para criar uma estratégia de marketing de conteúdo B2B”. É óbvio dentro deste tópico cabe uma ampla gama de subtópicos, como:

  • Marketing digital,
  • E-mail marketing,
  • Otimização de mecanismos de busca,
  • Marketing de mídia social,
  • Campanhas de PPC,
  • Publicação de conteúdo em vários formatos,
  • Produção de conteúdo de qualidade,
  • criação de um calendário de publicação, entre outros.

Vale esclarecer que este tópico amplo não precisa ser exatamente a palavra-chave para a qual você deseja otimizar.

Use a criatividade na escolha do tópico

No tópico acima, poderíamos otimizar para “serviços de marketing de conteúdo B2B”. Mas, esse tema pode não atrair tráfego suficiente. Além disso, pode ser bastante difícil obter bons resultados caso outras empresas já tenham clusters de conteúdo em torno desse tema.

É essencial ser criativo. Um tópico de página pilar não deve ser algo definido com pressa. Passe algum tempo analisando a questão. Faça pesquisa de palavras-chave. Em seguida, crie um tópico que atraia as pessoas para o seu cluster de conteúdo.

Crie postagens menores contendo suas palavras-chave

Dentro de sua estratégia de marketing de conteúdo existem muitos subtópicos. Por exemplo: se sua empresa produz softwares para área da educação, existem diversos subtópicos. Como usabilidade, benefícios do uso de softwares na área da educação, entre outros.

Por isso crie publique postagens individuais sobre esses tópicos. A partir daí, crie vínculos entre eles a partir de sua página pilar principal.

Dica extra: analise seu conteúdo atual

Então você tem sua lista e suas palavras-chave. Mas lembre-se também de olhar para o seu conteúdo existente também. Talvez você tenha algum conteúdo em seu blog ou em sua seção de recursos que pode ser reaproveitado como parte desta estratégia.

Páginas pilares: um objetivo de longo prazo

Vamos ser honestos aqui: este pode ser um projeto abrangente. Por isso, não tenha pressa. É como construir uma estrutura que vai gerar negócios para sua empresa ainda por muitos anos.

Por isso faça uma boa pesquisa. Produza conteúdo de qualidade. Ofereça a máxima relevância para seu público. Isso vai atrair leads com mais chances de boa qualificação, o que vai afetar diretamente suas taxas de conversão.

Se você precisar de ajuda com suas páginas pilares, conte com a UP2Place Digital. Ou em qualquer outra questão envolvendo marketing digital. Estamos prontos para ajudar sua empresa a fazer resultados expressivos com estas ferramentas!

FALE COM A UP2PLACE DIGITAL

Saiba como utilizar o Digital para Aumentar Vendas e Conquistar Novos Clientes
Clique aqui e solicite gratuitamente uma avaliação da sua Estratégia Digital
O Guia Definitivo da Automação de Marketing
Baixe o seu GUIA PRÁTICO DE GERAÇÃO DE LEADS
Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads
REPRESENTANTE DE VENDAS – DIGITAL​
EBOOK MARKETING DIGITAL PARA INDÚSTRIAS​
GUIA DE MÍDIA PAGA​

ABM Account-based Marketing

Cadastre-se e receba conteúdos inéditos sobre Marketing Digital

Posts Relacionados

EN PT ES