Como o Small Data pode revolucionar sua forma de fazer negócios

Em tempos de transformação digital, muito tem se falado sobre Big Data. Mas o Small Data tem cada vez mais se consolidado como uma importante ferramenta de marketing digital – especialmente para empresas de pequeno e médio porte.
Enquanto o Big Data exige o suporte de especialistas em dados com muita expertise no assunto, uma boa dose de investimentos financeiros e ferramentas de tecnologia avançadas, o Small Data é um caminho mais fácil.
E o mais interessante é que geralmente as empresas exploram apenas 12% dos dados de seu Small Data. Com isso, 88% das informações ficam sem uso – o que pode significar um bom número de negócios e vendas sendo perdidos.
Nesse artigo vamos explicar um pouco mais sobre Small Data e todas as vantagens que ele pode trazer para o seu negócio. Veja a seguir.

O que é Small Data?

O Small Data é composto por dados fáceis de se acessar. São parte de um universo mais enxuto e podem ser compreendidos facilmente por profissionais em busca de insights que possam ser colocados em prática.
Ele pode ajudar sua empresa a melhorar os processos operacionais, aumentar o ROI e gerar um desempenho melhor na organização como um todo.
Quando sua equipe de Vendas trabalha com o Small Data, é possível aumentar as taxas de conversão, ter mais precisão ao determinar suas metas de vendas e garantir que seus leads sejam mais bem conduzidos pelo funil de vendas.
E o Small Data pode ajudar seu time de Marketing a medir as taxas de conversão de uma forma mais objetiva e a afinar a produção dos conteúdos de apoio que são disponibilizados durante a jornada do consumidor.
A grande vantagem é que sua empresa já tem seu Small Data em mãos. E uma análise de 24h, sem grandes investimentos de tecnologia, contratação de super especialistas, já pode trazer grandes benefícios para seus negócios.

O Small Data é relacionado às pessoas

O primeiro passo para fazer o Small Data trabalhar a favor de suas vendas é implementar uma cultura orientada por dados em todos os níveis de sua empresa.
Isso significa que desde a diretoria até sua equipe de receptivo deve ter uma conduta de buscar dados e informações sobre os clientes, as soluções vendidas e o que elas têm promovidos em termos de resultados e vantagens para os seus clientes.
Adequar-se à tecnologia é a parte menos complicada. Existem uma série de ferramentas e sistemas baseados na nuvem, softwares como serviço (SaaS), produtos que podem extrair e tratar seus dados e garantir que sua equipe tenha uma série de informações totalmente claras para trabalhar.
Nessa etapa, é fundamental ter todas as métricas definidas – seus KPIs – e garantir que todos os envolvidos as conhecem e entendem profundamente.
A cultura de transparência de dados precisa funcionar em paralelo a esta ação. Só assim sua equipe estará envolvida nos processos necessários para alcançar todos os objetivos propostos.
Pode parecer um pouco utópico ou fantasioso abrir todas as informações para toda a equipe, mas é possível encontrar um caminho viável que permita envolve-los na estratégia de crescimento da empresa.
A partir daqui, é importante que você, como CEO ou membro da diretoria, incentive sua equipe a não só operar as ferramentas analíticas, mas a adotar uma postura focada na obtenção de dados: fazer perguntas orientadas pelos dados e buscar respostas que possam trazer novas informações.

As coisas pequenas podem mudar a história da sua empresa

A Lego e a Havaianas são dois excelentes cases de aplicação de Small Data que mudaram a história de suas empresas.
A Lego reverteu seu quadro de quase falência após uma conversa de sua equipe de especialistas e um pequeno fã alemão de Lego, que era também um grande skatista.
A coleta de insights dessa conversa mostrou que aquela geração estava realmente buscando não só uma satisfação instantânea – mas algo que fosse digno de ser compartilhado, algo que valesse a pena se gabar.
A partir daí a empresa ampliou suas coleções, produziu blocos menores, peças mais complexas e conjuntos mais desafiadores. Hoje, a Lego contabiliza mais de US$2 bilhões em vendas, ultrapassou a Mattel e tornou-se a maior fabricante de brinquedos do mundo.
Já a Havaianas mudou seu cenário quando analisou o mercado lá atrás, na época das sandálias de solados brancos, e descobriu que seus consumidores costumavam virar as solas para cima, para que seus chinelos fossem de uma só cor.
A partir daí eles criaram novos modelos de uma única cor, com calcanhar mais alto, e lançaram uma campanha de reposicionamento de marca – que atraiu novos públicos e elevou o produto à categoria de objeto de consumo que é hoje.

O Small Data pode parecer simples, mas essa pequena porção de dados pode fazer uma grande diferença no futuro de sua empresa. Se você quer saber mais sobre todas as vantagens que a transformação digital pode trazer para a sua empresa, faça o download do e-book “Transformação Digital – Saiba o que é e por onde começar!”

e-book UP2Place Transformação Digital - Saiba o que é e por onde começar!

MARKETING & NEGÓCIOS

Coloque seu email abaixo para receber as atualizações do blog!

Acesse o e-mail enviado e confirme a assinatura, obrigado!