Técnicas eficazes de segmentação de clientes – e como elas ajudam o seu negócio

A segmentação é um item muito importante em uma estratégia de marketing digital integrado.

Através dela, sua empresa pode:

  • Definir metas mais específicas e mensuráveis;
  • Criar conteúdos diferentes e mais adequados para cada segmento;
  • Criar chamadas mais específicas para cada segmento;
  • Mover leads com mais agilidade através da jornada do consumidor.

Descubra como fazer uma segmentação bem-sucedida em suas campanhas futuras com a leitura a seguir.

Desafios da segmentação

Muitas empresas reclamam sobre a falta do tráfego orgânico que esperam de suas estratégias de marketing digital integrado espalhadas por toda a internet.

Na maioria dos casos, isso acontece por conta de uma estratégia inadequada de segmentação de clientes.

De fato, a segmentação, seja no ambiente digital ou nas mídias convencionais, deve seguir os seguintes segmentos principais:

  • Segmentação geográfica;
  • Segmentação demográfica;
  • Segmentação psicográfica;
  • Segmentação comportamental.

Quando sua empresa deseja otimizar cada parte do conteúdo em relação à segmentação, deve ter o cuidado de posicionar corretamente cada parte do conteúdo que transmite uma mensagem eficaz ao público – que possui diversas expectativas e requisitos com relação aos seus produtos.

Como garantir uma segmentação eficaz em 7 passos

Listamos a seguir alguns insights sobre como fazer uma segmentação de clientes em relação ao seu negócio.

Analise cada item e veja com sua equipe ou agência de marketing digital como aplicar isso em suas campanhas:

1) Análise dos dados do comportamento do cliente

O marketing digital hoje conta com algumas das melhores ferramentas analíticas que acompanham cada detalhe dos visitantes em seu site.

Com esses dados de comportamento dos clientes, sua empresa pode ter uma compreensão profunda dos padrões de comportamento demográfico e psicográfico dos clientes pertencentes a diferentes perfis.

2) Avaliação dos dados e planejamento de segmentação

Ao fim da primeira fase, sua empresa pode criar planos hipotéticos com base em observação e análise dos dados.

Isso possibilitará a elaboração de um cenário descrevendo qual plano específico pode ser bem executado com seu público.

No entanto, é preciso ter cuidado: é preciso lembrar que todo comportamento passado pode não necessariamente ser o mesmo. Por isso sempre inclua condições flexíveis em cada plano.

3) Viabilidade do plano

Com a criação de perfis e segmentação de clientes concluídos, é hora de verificar a viabilidade dos planos assumidos. Isso pode ser feito da seguinte forma:

  • Selecione um grupo de visitantes para os planos – algo como o Plano A;
  • Faça o plano de segmentação de outro cliente – o que seria o Plano B;
  • Teste os dois planos A e B aleatoriamente;
  • Meça os resultados entre os dois considerando a prioridade dos KPIs determinados.

4) Estudo comparativo dos planos testados

Esta é a fase para comparar os planos alternativos em relação à segmentação do público-alvo. Com base nos valores recebidos, é preciso elaborar um estudo comparativo dos planos executados em uma base de teste.

Certifique-se de considerar apenas os números que implicam o alcance dos clientes até o estágio final da decisão de compra – e não apenas os cliques no site ou em qualquer página do blog ou do artigo.

5) Motivações nos planos de teste

Este é o estágio do diagnóstico sobre quais planos tiveram sucesso ou falharam.

É preciso identificar os fatores responsáveis ​​pelo sucesso ou fracasso dos planos, que servirão de orientação para futuras segmentações de clientes.

6) Confirmação e implementação da teoria

Com base nas motivações por trás de cada plano bem-sucedido, selecione os mais eficazes dentre os aplicados. Mas continue mantendo em mente a flexibilidade inerente ao comportamento dos consumidores.

7) Diagnóstico dos desvios entre os resultados reais e esperados

Este é o estágio em que sua empresa deve mapear os desvios entre seus resultados reais e esperados em termos da segmentação do cliente planejada.

Elabore um roteiro de otimização de segmentação de clientes em termos de cada pesquisa feita on-line, seja em relação a um produto ou serviço.

A segmentação é um processo contínuo

A transformação digital faz com que as coisas mudem o tempo todo – por isso, é preciso evitar uma estratégia permanente de segmentação.

É preciso monitorar frequentemente as estratégias em prática e fazer ajustes e implementou de acordo com as mudanças que ocorrem no setor.

Segmentação é apenas um dos itens dentro de uma estratégia eficaz de marketing digital integrado. Siga nossas redes sociais e descubra tudo o que é preciso para o sucesso de sua empresa!

MARKETING & NEGÓCIOS

Coloque seu email abaixo para receber as atualizações do blog!

Acesse o e-mail enviado e confirme a assinatura, obrigado!