Transformação digital eficiente: empresas que faliram por não inovar na hora certa

Transformação Digital Empresas que faliram por não inovar na hora certa

Quando se fala sobre inovação e  transformação digital eficiente, quase sempre pensamos que a única maneira de fazê-la é criando um produto inédito e promissor.

Algo que reinará em um oceano azul sem concorrentes. Que vai crescer de vento em popa do dia para a noite. Ou que vai mudar comportamentos drasticamente. Como alguns produtos conseguiram, de fato, fazer na história da inovação.

Mas a verdade é que a inovação pode ocorrer até mesmo no que já está consolidado e que agora funciona bem. Às vezes, é necessário realizar mudanças antes que seja tarde demais.

Pois neste século, observamos o surgimento de diversos novos negócios. Sejam eles baseados em inovação disruptiva ou não.

Muitos deles foram rapidamente avaliados como negócios milionários – ou até bilionários. Pois o Wall Street Journal e a Dow Jones Venture Source estão monitorando constantemente as empresas privadas avaliadas em US $ 1 bilhão. Ou mais conhecidas como empresas unicórnio.

Um clube tem se expandido desde que o projeto começou em janeiro de 2014. Dentre os nomes temos startups como:

  • Uber,
  • AirBnB,
  • BlaBlacar,
  • Xiaomi,
  • Pinterest, entre outros.

O crescimento dos serviços digitais impulsiona a necessidade da transformação digital entre as empresas

Então entre os diversos fatores que contribuem para o surgimento crescente de novas startups de sucesso, temos o aumento da base de usuários de serviços digitais.

Ann Williams, venture partner do fundo Redpoint eventures cita que há 100 milhões de brasileiros on-line e outros 100 milhões para entrar e que a Internet vem crescendo 20% ao ano. Enquanto isso, a Associação Brasileira de Startups (ABStartups) possui 4.080 associados, um número que representa um crescimento de 18% em seis meses e cerca de 40% em um ano.

O que atrapalha as startups?

Um estudo da Fundação Dom Cabral chamado “Causas de mortalidade de startups brasileiras” realizou uma série de entrevistas. Os resultados trouxeram dados que possibilitaram entender o tempo médio de sobrevivência de uma startup no Brasil.

Então entre as 30 variáveis investigadas, que poderiam explicar a descontinuidade das startups brasileiras, três delas ganharam destaques:

  1. o número de sócios envolvidos é um fator de risco,
  2. o volume de capital investido pode representar um risco à sua sobrevivência e
  3. o local da instalação da startup pode determinar suas chances de sucesso.

Dessa forma, o estudo concluiu que a descontinuidade de empresas startups no Brasil está relacionada em maior grau com aspectos relacionados ao ambiente em que a empresa está inserida. Assim como à estrutura determinada no momento de sua concepção. Mais do que com as características do próprio empreendedor.

Ou seja: sair executando uma ideia sem nenhum tipo de planejamento ou apoio de quem entende do assunto é um grande risco.

Pois, de modo geral, dados do Sebrae mostram que 60% das companhias fecham por não ter um planejamento definido. Aqui não estão apenas startups, mas empresas que já atuam no mercado há muito tempo.

No caso específico das startups, geralmente elas são compostas por jovens, cuja ansiedade pode atropelar o planejamento. Ou resultar em paixões por ideias que no papel são incríveis. Mas que, na prática, não são viáveis ou escaláveis. Afinal, não existe um modelo de negócios ou ele não foi bem pensado.

Sendo assim, a verdade é que, para caminhar sozinha, uma startup precisa fortalecer suas pernas antes. Neste sentido, obter apoio de quem tem experiência para guiá-las é fundamental.

Transformação digital eficiente: negócios consolidados também precisam se reinventar

Mas se de um lado temos o cenário das startups, do outro temos empresas atuando há anos de mercado. Porém, que não se atentarem à necessidade de inovar ou de transformar-se considerando o cenário digital. Ou seja, não iniciaram uma transformação digital eficiente no timing certo e acabaram ficando para trás.

Quer um exemplo disso? De acordo com dados da última pesquisa da comScore, intitulada “O cenário multi-plataformas no Brasil” , o mobile representa a maior parte do tempo gasto online pelos brasileiros.

Além disso, dois terços doso millennials está consumindo conteúdo digital através deste dispositivo. Quantas empresas estão preparadas para isso? Que possuem estratégias, produtos e ferramentas apropriados para este novo cenário?

Então com a velocidade com a qual surgem novas tecnologias, negócios que não se atentam em inovar seus modelos ou que demoram a tirar novos projetos do papel perdem o timing.

O que é transformação digital eficiente?

É muito comum associar a transformação digital eficiente com a mais recente tecnologia como computação em nuvem. Inteligência artificial e big data. Com blockchain e Internet das Coisas.

Mas apesar de seu papel muito importante, eles não são os únicos fatores que impulsionam esse processo. Pois a transformação digital eficiente é uma troca impulsionada, em grande parte, pela tecnologia.

No entanto, o conceito vai muito além, descrevendo modificações que entram em uma cultura, uma organização e suas operações. Sempre com o objetivo de integrar ferramentas digitais, processos e capital humano estrategicamente.

Pois é essa integração que determina o sucesso de uma empresa com a transformação digital eficiente. Já que o papel de cada peça é essencial para aproveitar ao máximo todos os benefícios do processo.

Outro fator importante quando se trata de transformação digital eficiente é fazer um planejamento em etapas. Avaliando as necessidades atuais e futuras. Mas sem abrir mão da flexibilidade ou capacidade de adaptação rápida à situação atual.

Sem dúvida, quanto mais uma empresa evoluir digitalmente, melhor estará para futuras mudanças. Mesmo que ainda não tenham sido totalmente previstas.

A transformação digital eficiente também ajuda a aproveitar melhor os recursos. Além de atender às necessidades do mercado. Só assim sua empresa estará pronta para crescer e se destacar no mercado.

Transformação digital eficiente: de onde veio esse termo?

A transformação digital começou com a digitalização: o primeiro passo para iniciar o processo de mudança. Explicaremos em detalhes abaixo.

Passando do analógico para o digital

Até recentemente, as organizações mantinham todos os seus registros no papel. Mas pouco a pouco, eles começaram a usar a tecnologia para substituir e agilizar a maneira como lidavam com os documentos.

A fotocopiadora tornou-se um scanner. Documentos enviados por vias de máquinas de fax foram enviados por e-mail e outros aplicativos. Assim iniciou o processo de digitalização; ou seja, a conversão do analógico em digital.

Usando dados digitais para simplificar o trabalho

Uma consequência da digitalização foi que muitos processos se tornaram simplificados. Em vez de alguém entregar um documento importante de uma empresa para outra, uma conexão com a internet o faz em poucos segundos, economizando tempo, dinheiro e recursos.

Apesar de ser mais simples, a troca de documentos ainda é necessária. Então a digitalização não mudou a forma como as pessoas fazem negócios – apenas tornou-o mais rápido e fácil.

Transformação digital agrega valor a cada interação que você tem com seu cliente
A digitalização foi o primeiro passo para a transformação digital, pois permitiu ideias que simplificassem processos mais complexos e criassem novas formas de conduzir negócios.

Dessa forma, a otimização tanto dos processos internos quanto de como a tecnologia é usada para resolver problemas se reflete em cada interação que um cliente tem com um negócio, e oferecerá a eles uma melhor experiência a cada momento.

Por que a transformação digital eficiente é tão importante?

Em linhas gerais, a transformação digital é importante porque ajuda as empresas a:

  • Otimizar processos,
  • Melhorar o uso de recursos,
  • Continuar a se desenvolver no futuro, dando-lhes as vantagens competitivas que precisam para se destacar no mercado.

Tudo isso é possível graças a processos simplificados, ao uso correto das tecnologias certas e a todos os dados gerados que podem contribuir para uma melhor tomada de decisão.

Pois a necessidade de se transformar digitalmente para sobreviver no mercado está se tornando cada vez mais óbvia. Daí a necessidade de iniciar esse processo de evolução o mais rápido possível para colher os benefícios o mais rápido possível.

8 Benefícios da Transformação Digital Eficiente

Para muitas empresas, o driver para a transformação digital está relacionado com o custo. Pois a movimentação de dados para um ambiente de nuvem pública, privada ou híbrida reduz os custos operacionais.

Além disso, libera custos de hardware e software enquanto libera os membros da equipe para trabalhar em outros projetos.

1. Coleta aprimorada de dados

A maioria das empresas está coletando montanhas de dados de clientes. Mas o verdadeiro benefício é otimizar esses dados para análises que podem impulsionar o negócio.

Então a transformação digital eficiente cria um sistema para coletar os dados certos. Assim, fica mais fácil incorporá-los totalmente para inteligência de negócios em um nível mais alto.

Afinal, ela cria uma maneira que diferentes unidades funcionais dentro de uma organização podem traduzir dados brutos em insights em vários pontos de contato.

Ao fazer isso, produz uma visão única da jornada do cliente, operações, produção, finanças e oportunidades de negócios.

É vital analisar como esses dados do cliente estão sendo coletados, armazenados, analisados e compartilhados como parte desse processo.

Pois quando você está repensando sua pilha de tecnologia, vai querer garantir que dados confidenciais que fluem para dentro e fora do software de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM) e outras plataformas estejam protegidos com uma camada de criptografia de dados SaaS.

Ao avaliar a jornada do cliente como parte de sua transformação digital, considere como você pode dar aos seus clientes maior autonomia sobre seus próprios dados — usando a privacidade de dados como diferencial de negócios.

Afinal, os consumidores estão cada vez mais conscientes e preocupados com a forma como seus dados são coletados e usados.

Sendo assim, mostre a eles que você respeita seus dados colocando fortes práticas de privacidade no lugar e dando-lhes a oportunidade de mudar de ideia a qualquer momento.

2. Gestão mais forte de recursos

A transformação digital eficiente consolida informações e recursos em um conjunto de ferramentas para os negócios.

Ao invés de softwares e bancos de dados dispersos, você consolida os recursos da empresa e reduz a sobreposição de fornecedores. A transformação digital eficiente pode integrar aplicativos, bancos de dados e software em um repositório central para inteligência de negócios.

A transformação digital não é um departamento ou unidade funcional. Afinal, abrange todas as áreas de um negócio e pode levar a inovação e eficiência de processos entre unidades.

De vendas e marketing a finanças e a Suíte C, cada departamento aproveita dados confidenciais. Por isso, é importante otimizar e proteger dados em todos os lugares que ele flui. Ao mesmo tempo em que equipa equipes com ferramentas fáceis de usar para fazer seus trabalhos.

3. Insights de clientes orientados por dados

Os dados podem ser a chave para desbloquear insights dos clientes. Pois ao entender melhor seu cliente e suas necessidades, você pode criar uma estratégia de negócios ainda mais centrada no cliente.

Usando dados estruturados (informações pessoais do cliente) e dados não estruturados, como métricas de mídia social, esses insights podem ajudar a impulsionar o crescimento dos negócios. Além disso, os dados permitem que estratégias forneçam conteúdo mais relevante, personalizado e ágil.

4. Uma melhor experiência do cliente

Considere como sua transformação digital eficiente pode não apenas desbloquear eficiências para suas equipes, mas também oferecer experiências mais perfeitas e intuitivas para seus clientes.

Pois isso abrange desde comunicações de e-mail até portais de usuários, produtos digitais e até mesmo a cadência pela qual você alcança novas perspectivas.

Além disso, os clientes têm altas expectativas para experiências digitais. Os consumidores estão acostumados a ter escolhas intermináveis, preços baixos e entrega rápida.

Então a experiência do cliente (CX) é o novo campo de batalha para as marcas. O Gartner relata que mais de dois terços das empresas dizem estar competindo principalmente na experiência do cliente.

A Accenture informa que a CX “emergiu como o principal motor do crescimento sustentável dos negócios”. Eles sugerem que mesmo um único aumento de ponto nas pontuações de CX pode resultar em milhões de dólares em crescimento anual.

Sendo assim, uma maneira de diferenciar sua marca com os clientes é demonstrar que você valoriza sua privacidade.

Leia também: Qual o impacto da LGPD nas estratégias digitais? Descubra!

Dê ao cliente o controle de como seus dados são coletados e usados, e capacite-os com autonomia para tomar decisões em torno de seus dados.

5. Incentiva a cultura digital (com colaboração aprimorada)

Ao fornecer aos membros da equipe as ferramentas certas, adaptadas ao seu ambiente, a transformação digital eficiente incentiva uma cultura digital.

Embora essas ferramentas forneçam uma maneira mais perfeita de colaborar, elas também ajudam a levar toda a organização adiante digitalmente.

Afinal, essa mudança de cultura digital é crucial para que as empresas permaneçam sustentáveis. Ele força a upskilling e o aprendizado digital dos membros da equipe a aproveitar os benefícios da transformação digital.

6. Aumento dos lucros

As empresas que passam pela transformação digital melhoram a eficiência e a rentabilidade. Considere esses resultados relatados pelo SAP Center for Business Insights e Oxford Economics:

  • 80% das organizações que concluíram o relatório de transformação digital aumentaram os lucros,
  • 85% dizem que aumentaram sua participação no mercado
  • Em média, os líderes esperam um crescimento de receita 23% maior do que os concorrentes.

7. Maior agilidade

A transformação digital eficiente torna as organizações mais ágeis. Emprestando do mundo do desenvolvimento de software, as empresas podem aumentar sua agilidade com a transformação digital para melhorar a velocidade no mercado. Além de adotar estratégias de Melhoria Contínua (IC).

Pois isso permite uma inovação e adaptação mais rápidas, proporcionando um caminho para a melhoria.

8. Melhor produtividade

Ter as ferramentas tecnológicas certas que trabalham em conjunto pode simplificar o fluxo de trabalho e melhorar a produtividade.

Ao automatizar muitas tarefas manuais e integrar dados em toda a organização, ele capacita os membros da equipe a trabalhar de forma mais eficiente.

Exemplos de empresas que não apostaram na transformação digital eficiente a tempo

SEGA

Aqui podemos citar alguns exemplos de empresas que perderam o bonde, como a SEGA. A empresa tinha consoles e jogos de sucesso. Mas seu produto Dreamcast não estava preparado para o sucesso do PlayStation 2 e o vídeo game foi abandonado em 2001.

Kodak

Outro grande case é a Kodak, dominante por muitos anos na área da fotografia e pioneira no desenvolvimento de câmeras digitais. Mas que relutou em comercializar seu produto ainda em 1975.

Nos anos 90 tentou uma lenta transição para a fotografia digital. Porém, fechou suas fábricas nos anos 2000. Pedindo proteção contra falência em 2012, anunciando o fim da produção de câmeras digitais e de vídeo. Agora, aposta suas fichas em impressoras, numa tentativa tardia de se reinventar.

Blockbuster

As locadoras de vídeo também assistiram sua queda com os inúmeros meios de download, planos de TV e serviços de streaming, que levaram ao declínio do aluguel de DVDs e Blu-rays.

A falência da Blockbuster significou a perda de milhões de dólares. Desde o começo a empresa tinha ciência da ameaça dos meios digitais. Poderia ter usado seu nome forte para se reformular, lançar um concorrente ao Netflix, e levar seus clientes para um serviço digital. Mas infelizmente isso não aconteceu.

Inovação é a chave para o sucesso

Muitas vezes é preciso reinventar-se e transformar-se para continuar no mercado. Bem antes que o prejuízo ameace aparecer.

A luxuosa joalheria Tiffany’s é um exemplo: antes de consagrar-se neste universo, funcionava como um empório de artigos de papelaria e bens sofisticados. Comercializava enfeites, relógios, cintos, produtos para a pele e cabelo e aparelhos de jantar.

Ao assumir o controle da empresa em 1853, Charles Tiffany direcionou os negócios para as joias. Assim nasceu o império azul Tiffany, hoje famosa e objeto de desejo em todo o mundo.

Outras empresas se reinventaram, como a Jacuzzi. Inicialmente, a empresa fabricava aeronaves. Mas com a morte de um dos irmãos, em um acidente sofrido em um dos aviões fabricados na empresa, decidiram passar a fabricar bombas hidráulicas agrícolas.

O conhecimento foi aplicado anos depois para produzir as famosas banheiras de hidromassagem que conhecemos hoje, distribuídas em mais de 60 países.

Não quer perder o “timing”? Então continue a leitura com estes conteúdos que separamos especialmente pra você:

Fases de Transformação Digital Eficiente

As diferentes etapas do processo de transformação digital atuam como um guia para iniciativas propositadas e orientadas a resultados que eventualmente são bem sucedidas. Então o estado atual dos negócios, status quo — Avalie o estado atual da sua organização como ela é.

  • Presente e Ativo: esta é a fase em que você experimenta, incentiva seus colaboradores a trazer ideias criativas e tentar melhorar sua alfabetização digital.
  • Iniciativa Formal: o que antes era experimentação agora se torna claro com intenção. Você precisa comprar em aprovação de liderança nesta fase.
  • Estratégia: essa fase envolve grupos de colaboradores trabalhando juntos, reunindo suas pesquisas e ideias para alcançar o objetivo de implementar um plano estratégico de transformação.
  • Conversão: é aí que você implanta uma equipe dedicada de transformação digital que ajudará a implementar o plano estratégico, orientar e modificar a estratégia conforme for necessário, estabelecer metas e criar sistemas que apoiem a jornada DT da organização.
  • Inovação e Adaptabilidade: esta é a fase em que sua organização está bem no caminho em seu processo de transformação digital. Pois a liderança estabeleceu uma equipe de monitoramento para fazer a curadoria das próximas tendências no cenário tecnológico. Iniciativas que melhorarão o processo atual e garantem que sua empresa continue progredindo e evoluindo.

As metas que você estabelece e a tecnologia que você aproveita para atingir essas metas definirá como será sua transformação digital eficiente.

Independentemente de como você escolhe transformar sua organização, o planejamento adequado e o acompanhamento desses planos a cada passo do caminho é crucial.

O suporte certo garante uma transformação digital eficiente

Seja um negócio já consolidado ou uma startup, obter apoio profissional focado em ajudá-las a atingir seus objetivos de negócios é essencial.

Para o negócio mostrar-se realmente forte, é necessário um trabalho focado em seu modelo de negócios. Pode ser necessário reinventar-se ou apostar em uma transformação digital eficiente. Mas nem sempre quem está envolvido na rotina do negócio consegue perceber essa necessidade ou fazer este ajuste sozinho.

Estas mudanças podem levar à redução de custos, ganho de eficiência e novas formas de atender o novo consumidor, que agora está presente nos meios digitais o tempo todo.

Neste sentido, as empresas precisam pensar em novas formas de atendê-los. Além de oferecer:

  • Serviços baseados em mobile,
  • Serviços em nuvem,
  • Autosserviço,
  • Ferramentas de relacionamento e pré-vendas.

Um cuidado que faz toda a diferença em uma época em que concorrentes e conteúdos existem aos montes.

A Transformação Digital Eficiente passa por muitas decisões e atitudes dentro de uma empresa. Mas começar sua estratégia pensando em omnichannel para se relacionar com seu público alvo é um dos caminhos mais rápidos e eficientes.

Para isso, o Inbound Marketing é imbatível e pode ser decisivo para ajudar sua empresa.

Clique e aumente seu conhecimento com este material!

Inovação e inbound marketing

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Saiba como utilizar o Digital para Aumentar Vendas e Conquistar Novos Clientes
Clique aqui e solicite gratuitamente uma avaliação da sua Estratégia Digital
O Guia Definitivo da Automação de Marketing
Baixe o seu GUIA PRÁTICO DE GERAÇÃO DE LEADS
Ebook Guia de ofertas de conteúdo para uma geração eficaz de leads
REPRESENTANTE DE VENDAS – DIGITAL​
EBOOK MARKETING DIGITAL PARA INDÚSTRIAS​
GUIA DE MÍDIA PAGA​

ABM Account-based Marketing

Cadastre-se e receba conteúdos inéditos sobre Marketing Digital

Posts Relacionados

EN PT ES