Veja dicas para tornar as equipes de marketing mais ágeis

Você, com certeza, já deve ter ouvido os termos “gestão ágil” ou “metodologia ágil”. São conceitos muito presentes no universo dos desenvolvedores de software. No universo das agências de marketing digital, porém, o desenvolvimento ágil de processos e projetos tem se mostrado muito eficaz para as equipes de marketing.

A escalada da tecnologia no mercado de trabalho, que vem se intensificando desde a proliferação da Internet nos idos de 1990, despertou a busca incessante pela inovação, aumento da produtividade e flexibilidade. Mas foi na virada do século que o Manifesto Ágil tomou um formato definitivo, elaborado pelos principais especialistas em software da época.

O progressivo aumento da exigência e da competitividade do mercado estimulou as empresas a repensarem seus modelos de negócio para atenderem às demandas. Vivemos hoje um novo momento, seja em termos de produção ou de atendimento ao cliente. Atualmente, atribui-se um maior valor à experiência do cliente.

O cenário de prazos apertados, jobs complexos e planejamentos desatualizados pode ser evitado a partir da adoção de metodologias (ou métricas) ágeis, que consistem em métodos de gestão interativos e incrementais que dinamizam o workflow dentro do quadro produtivo e compartilham, passo a passo com o cliente, todas as etapas do processo de produção até a validação final.

“É a arte de fazer o dobro do trabalho em metade do tempo”
Jeff Sutherland

Grande parte das metodologias ágeis, como Scrum e Kanban, por exemplo, prezam fundamentalmente pela divisão de tarefas e atribuição de responsabilidades de forma organizada dentro de equipes de marketing.

Para implementar estratégias de gestão ágil de projetos, no entanto, é preciso seguir alguns passos:

A subdivisão de equipes de marketing

O primeiro passo é dividir as equipes de trabalho em pequenos grupos. Cada grupo, por sua vez, deve ser responsável por uma parte do processo de produção dentro da agência: os encarregados pelo planejamento, os desenvolvedores de conteúdo, os programadores e daí por diante.

Subdividir as equipes de marketing e delegar tarefas com prazos estipulados é essencial para garantir um fluxo saudável à produção.

Os sprints de produção

Dentro dessa lógica, os chamados sprints produtivos tratam da etapa em que a produção do projeto acontece em larga escala. Após essa fase, os resultados são analisados e compartilhados com o cliente.

De outro lado, dividir as metas do projeto com a equipe de trabalho também é de grande valia para motivar o grupo como um todo em torno de objetivos comuns.

O feedback com o cliente

Prezar por uma relação saudável com o cliente, colocando suas ambições em primeiro lugar, é essencial no decorrer de um projeto. A agilidade no relacionamento com o cliente é a receita para um feedback eficaz.

Desta forma, alterações em curso no processo podem ser resolvidas rapidamente visando a conclusão da demanda. A interação com o cliente no decorrer da produção, porém, pode evitar alterações de última hora – já que a validação das mudanças aconteceria ao longo do processo de aprovação.

Além de definir uma metodologia ágil para a execução dos processos internos da empresa, outras ações também são válidas para criar um bom ambiente de trabalho visando a organização das demandas e o aumento da produtividade da equipe. Veja abaixo:

  • Faça um planejamento realista – é fundamental estabelecer metas realistas dentro do projeto e compartilha-las com todos os envolvidos. A transparência e a confiança é essencial na relação com a equipe de trabalho;
  • Reveja as metas da empresa – para evoluir em termos de organização, é ideal realizar um balanço sazonal das metas da empresa. Essa revisão pode acontecer mensalmente ou trimestralmente, por exemplo, e deve garantir que todos os membros estejam cientes dos objetivos;
  • Incentive as equipes de trabalho – ser realista, transparente e organizado ao estabelecer prazos, metas e objetivos dentro do cenário produtivo é fundamental para manter o alinhamento entre os membros. Agir no reconhecimento e na motivação da equipe de trabalho ajuda a manter um bom ambiente produtivo;
  • Invista em ferramentas que facilitem o processo – as tecnologias estão a nossa disposição para qualificar os serviços. É ideal investir em ferramentas e plataformas que facilitem o processo de análise, divisão ou execução de tarefas. Os softwares, além de ajudarem na organização interna, trazem maior flexibilidade à relação com o cliente, já que ele pode estar a par do andamento da produção.

Você deseja agir na transformação digital da sua empresa? Anda na busca pelas melhores estratégias para dinamizar o relacionamento com o cliente e intensificar a produção? Fale conosco!

 

Baixe também o e-book 101 dicas de marketing Digital de resultados e veja todos benefícios que pode trazer a sua empresa

MARKETING & NEGÓCIOS

Coloque seu email abaixo para receber as atualizações do blog!

Acesse o e-mail enviado e confirme a assinatura, obrigado!